Todo mundo sabe que ter um relacionamento é algo muito bom, mas também complicado. Quando duas pessoas se apaixonam e resolvem namorar, tudo parece ser um mar de rosas. Aí vem a primeira briga, o ciúmes, algumas discussões, enfim, se relacionar é uma constante entre ceder, amar e perdoar. Não que isso seja ruim. Amar e ser amado é algo maravilhoso e talvez seja a nossa eterna busca enquanto vivermos.

Se relacionar com alguém que esteja passando por um momento difícil de vida pode ser mais complicado. Mas não impossível. Depressão, ansiedade, ataque de pânico, TDAH, dentre outras doenças psíquicas são tratáveis e de forma alguma deve ser motivo para se separarem. Pelo contrário, deve se encarado como uma fase e fazendo o tratamento certo a pessoa é curada. O apoio, amor e cuidado do parceiro são coisas fundamentais durante essa fase.

Separamos algumas dicas do que você pode pode fazer para ajudar o “mozão” a passar por isso. São coisas simples mas que podem fazer muita diferença no relacionamento de vocês e principalmente para a pessoa. Mas tenha em mente que, apesar de você poder ajudar bastante seu parceiro(a), saúde mental é algo muito complexo. Não hesite em contatar um profissional se isso puder ser útil.

Veja as dicas:

1. Faça com que ele(a) se sinta seguro(a) e ouvido(a).

2. Participe de cursos que ajudem você a entender a situação pela qual ele(a) está passando.

3. Ajude-o(a) a fazer as coisas que você sabe que são difíceis para ele(a).

4. Leve a comida preferida dele(a) quando souber que ele(a) está tendo um dia difícil.

5. Lembre-o(a) de tomar seus remédios e de marcar suas consultas.

6. Deixe recados de voz carinhosos para que ele(a) possa ouvir quando estiver estressado(a).

7. Ajude com as tarefas domésticas quando ele(a) estiver se sentindo sobrecarregado(a).

8. Ajude-o(a) a se sentir bonito(a) quando ele(a) não estiver conseguindo.

9. Deixe-o(a) desabafar quando precisar e ouça mesmo, de verdade.

10. Comemore todas as suas pequenas vitórias com ele(a) e diga como você sente orgulho dele(a).

Leia Mais: 5 maneiras de ajudar um amigo com depressão

11. Dê um abraço bem apertado quando as palavras não forem suficientes.

12. Segure a mão dele(a) e tente mantê-lo(a) calmo(a) durante um ataque de ansiedade.

13. Cante para ele(a) e tente acalmá-lo(a) até que o sofrimento comece a diminuir.

14. Tente fazê-lo(a) rir.

15. Diga que não tem problema dizer “não” de vez em quando.

16. Ajude-o(a) a arejar a cabeça e traga-o(a) de volta ao momento presente.

17. Faça-o(a) se sentir especial mostrando que você se lembra das pequenas coisas.

18. Leve-o(a) para um lugar calmo e seguro e tranquilize-o(a) dizendo que tudo ficará bem quando ele(a) tiver um ataque de pânico.

19. Descubra maneiras de apoiar sua recuperação de todo jeito possível.

20. Não foque em resolver seus problemas — apenas ajude-o(a) a se sentir melhor.

21. Lembre-o(a) do quão maravilhoso(a) e capaz ele(a) é.

22. E, acima de tudo, certifique-se de que ele(a) saiba que é amado(a).

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here