A infância de Elizabeth Thomas foi duríssima. Estuprada pelo pai biológico, ela foi abandonada antes dos seis anos e desenvolveu um raro transtorno psicológico. Elizabeth queria todos mortos.

Não a toa, sua vida virou um documentário quando ela tinha apenas seis anos. À época, ela impressionava pelo desejo de que todos seus familiares adotivos morressem. Não raramente, era pega torturando seu irmão mais novo.

anjo

O documentário A Ira de um Anjo mostra como Beth vivia ao fim da primeira infância. Torturava, além de seu irmão, diversos animais, que depois eram mortos. Os médicos nunca souberam diagnosticar ao certo qual o distúrbio dela.

Lançado 25 anos atrás, o documentário foi um marco na vida de Beth. Após sua veiculação, ela foi internada em uma clínica para crianças com distúrbios mentais e sumiu da mídia. Os pais temiam que a exposição piorasse o quadro dela.

Hoje, 25 anos depois, Beth reapareceu. É uma enfermeira formada e que atende principalmente crianças vítimas de abusos sexuais. Os médicos afirmam até hoje que sua condição não está curada, mas sob controle.

Por isso Beth foca seu trabalho em vítimas como ela. Porque ela sabe, mais do que ninguém, quanto os traumas da infância podem destruir a vida de uma pessoa.

(Fonte: br.noticias.yahoo.com)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA