Atenção, pais!

Se a maconha ainda não era um assunto debatido em casa, é melhor começar a pensar em colocá-la na pauta, especialmente se seus filhos têm idades entre 15 e 18 anos.

De acordo com um médico inglês, usar a droga antes da maioridade aumenta os riscos de esquizofrenia na idade adulta. Além disso, explica o psiquiatra, jovens que fumam maconha têm três vezes mais chances de desenvolver psicoses no futuro.

Os dados preocupantes são de estudos que o professor de pesquisa psiquiátrica Robin Murray coordenou no Instituto de Psiquiatria Kings College, em Londres, na Inglaterra.

Em 2002, por exemplo, foi descoberto que quem usa maconha a partir dos 15 anos tem 4,5 vezes mais chances de se tornar psicótico dez anos depois.

— Ainda trabalhamos para resolver algumas incógnitas, como, por exemplo, saber se é mais seguro adultos usarem maconha do que adolescentes usarem. No entanto, já conseguimos mapear boa parte dos riscos que os jovens correm.

Murray conta que a grande chave dos problemas está na paranoia e na desconfiança geradas pelo consumo da droga. Em um dos experimentos com pacientes recebendo doses de THC intravenoso, ele conta, uma paciente entrou em contato com os médicos no dia seguinte à sua avaliação, dizendo que esperava muito que não tivesse destruído o teste.

Leia mais: Adolescência, drogas e família

— Ela contou que, no momento da experiência, estava se sentindo tão paranoica de que os doutores pudessem estar envenenando-a, que, quando perguntada se estava sentindo algo diferente, respondeu que não, não estava sentindo nada. No dia seguinte, se deu conta de que tudo não passou de um momento de paranoia incontrolável, e então nos procurou de volta.

Uma curiosidade apontada pelo psiquiatra é de que os riscos de psicose e esquizofrenia no futuro contemplam apenas o uso de maconha e skank. No caso de haxixe, as chances de desenvolver as doenças são praticamente iguais às das pessoas que não fazem uso das substâncias.

Murray comenta que, em Londres, um quarto dos casos de psicose na idade adulta é fruto do abuso de maconha na juventude.

Leia mais: Drogas: lucro, vício e indiferença

No entanto, para ele, uma das maiores dificuldades na prevenção e no tratamento é o fato de que é complicado convencer os usuários, especialmente se eles já apresentam algum traço de psicose.

— Nenhum psicótico que fuma maconha aceita bem que seu vício possa estar gerando sua doença.

(Autora: Marcella Franco)
(Fonte: noticias.r7.com)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



2 COMENTÁRIOS

  1. Bom eu usei maconha durante dez anos, mas não sofri de esquizofrenia nao , mas uma coisa eu garanto q causa esquecimentos isso sim causa pq eu esquecia muito, agora q o crack causa paranóia causa, minha sorte e q eu sai logo dessa por isso não discordo do q o doutor disse não já muito fumador de maconha com esse tipo de transtprno , mas tbem acho q varia de acordo com o organismo de cada usuário, tem gente q tem organismoais forte e outros maia fracos, o melhor mesmo e nunca experimentar nenhum tipo de drogas, melhor não pagar p ver neh!?

  2. Comecei a usar maconha com 27 anos de idade, fiz uma troca pelo cigarro.
    Hoje em dia faço o consumo regularmente (todos os dias).
    Acredito muito que cada organismo responde a uma maneira diferente.
    De fato se a pessoa não tem nada em mente, nenhuma paixão ou desejo de criar ou desenvolver algo, a maconha tem a tendencia de prejudicar, pois seu consumo deixa a pessoa tranquila e calma.
    Grandes quantidade de THC no organismo é claro que vai prejudicar, é a mesma coisa que tomar um litro de whiske, vc vai ficar bebado.
    A maconha de boa qualidade só tende a ajudar na minha ocasição, me deixou mais ativo nas atividades e calmo ao mesmo tempo para resover situaçoes diversas.
    Sobre o vicio é claro que ela vicia pois traz prazer, fome e clareza na vida. Com isso vc necessita sempre mas não o aumento de quantidade do consumo. Mesmo pq é uma planta da terra sem misturas. Estou para conhecer um chá de ervas ou uma fruta que pode fazer mal.
    Sobre o esquecimento e esquisofrenia, deixo uma dica. Fuma menos amigo tudo em exesso faz mal.
    Os grandes filosofos de conhecimento ético, não costuman dizer que a maconha faz mal.
    Paises de primeiro mundo com desenvolvimento claro e inteligente como EUA faz a venda de Marihuana em lojas especializadas, com varias receitas diferentes para cada consumidor.
    Acho legal a materia mas tem que pesquisar melhor e fazer mais testes.

DEIXE UMA RESPOSTA