Uma mulher não perdoa uma única coisa no homem: que ele não ame com coragem!

Pode ter os maiores defeitos, atrasar-se para os compromissos …
Qualquer coisa é admitida, menos que não ame com coragem.

Amar com coragem não é viver com coragem.
É bem mais do que estar aí…

Amar com coragem não é questão de estilo, de opinião.
Amar com coragem é caráter.


Vem de uma incompetência de ser diferente.
Amar para valer, para dar torcicolo.

Não encontrar uma desculpa ou um pretexto para se adaptar.
Não usar atenuantes como “estou confuso”.

Amar com fúria, com o recalque de não ter sido assim antes.
Amar decidido, obcecado…como quem troca de identidade e parte a um longo exílio….

Amar como quem volta de um longo exílio.
Amar quase que por, por bebedeira…

Amar desavisado … amar desatinado, pressionando…
Amar mais do que é possível lembrar.

Amar com coragem… só isso!

Autor: Fabricio Carpinejar

*título dado pelo site

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



2 COMENTÁRIOS

  1. Fabricio Carpinejar essa sua alma poética é feminina! Adoro seus textos, sua alta sensibilidade, sua audácia no pensar como só os que amam com coragem pensam, sentem e agem.
    E você não errou, perdoa-se tudo menos o amar medroso, sem riscos, sem intimidade e sem cometer desatinos…

DEIXE UMA RESPOSTA