O atendimento psicológico online é uma possibilidade de tratamento através da internet. É regulamentado pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia), o qual admite a realização de até vinte sessões anuais.

Pieta (2014) na sua tese de doutorado fez um estudo empírico sobre a relação terapêutica nos atendimentos presenciais e online. Esta pesquisa experimental demonstrou que a aliança terapêutica ocorre nos dois tipos de tratamento.

Durante o atendimento através da internet, o psicólogo e o paciente estabeleceram uma conexão e foi possível observar resultados efetivos que permitiram avanços na vida do paciente, o que foi comprovado no seu estudo quantitativo e qualitativo.

Além disso, a pesquisadora observou outras questões que ajudam a desmistificar e ampliar a atuação nesse novo tipo de atendimento. É possível o paciente aderir ao tratamento online e os pacientes adultos de diferentes idades podem se beneficiar.

“Um dos pontos fortes do estudo é que os pacientes da modalidade videoconferência buscavam terapia presencial ao responder ao anúncio do jornal e quando randomizados para a condição via Skype, aderiram ao tratamento. Outro ponto forte da investigação é que os pacientes via Skype não se encontravam, na sua maioria, na faixa etária dos indivíduos que tipicamente estão familiarizados com a tecnologia (Dunn, K., 2012). Esses achados indicam que adultos de diferentes idades que buscam tratamento psicoterápico e aceitam utilizar a tecnologia podem se beneficiar da psicoterapia psicanalítica via Skype.” (Pieta, 2014, p.93)

A modalidade de atendimento online é bem recente no Brasil, por isso há poucos estudos por aqui. A pesquisa realizada por Maria Adélia Pieta é uma das pioneiras que evidencia resultados positivos no atendimento. Sendo assim, sua tese pode contribuir nas discussões sobre o tema no âmbito nacional.

Segundo Pieta (2014), a prática é difundida no exterior em países como a Austrália, Estados Unidos e Reunido, e vem mostrando bons resultados além de ampliar o acesso à psicoterapia.

Leia mais: A psicoterapia online

Ela acredita que o tratamento pela internet pode ser muito útil ao nosso país devido ao nosso extenso território e as enormes filas de espera para atendimento psicológico. Ela pode ser uma alternativa aos que aguardam tratamento.

A orientação psicológica online pode aumentar as possibilidades de tratamento para àqueles que necessitam, e, que, por diversas razões encontram dificuldades para realizar. Nesse sentido, é possível utilizar as ferramentas tecnológicas na área da saúde mental para aproximar psicólogo e paciente.

Pode ser uma oportunidade extremamente importante para os brasileiros que vivem no exterior utilizarem a língua materna durante o trabalho terapêutico. Além de tais casos, o atendimento psicológico online beneficia as pessoas com dificuldades de locomoção e torna-se acessível para aqueles que não encontram profissionais próximos.

No entanto, o tratamento online não é indicado para casos mais graves que necessitam de um acolhimento presencial. Cabe ao psicólogo fazer uma avaliação e orientar o paciente.

O atendimento psicoterapêutico mediado pela internet é algo novo e desafiador que vem atrelado a uma necessidade real da sociedade. É uma possibilidade de escuta e trabalho terapêutico que vem demonstrando eficácia.

O que será que Freud pensaria do atendimento online? Como era um homem inovador, provavelmente ousaria se aprofundar no assunto. Até porque ele chegou a fazer análises através de cartas.

Compartilhar

RECOMENDAMOS

Cinthia Vernus Duran
Psicóloga clínica pela PUC-SP há mais de dez anos, com formação em Psicanálise e especialização em Psicologia da Infância pela UNIFESP. Realiza atendimentos psicológicos online. Tem vivência cultural na França, e discute sobre a experiência de ser estrangeiro na sua fanpage. É colunista do site Fãs da Psicanálise.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here