Cuidar do corpo e da mente sempre foi essencial para a saúde e para o bem estar. Os esportes, seja qual for a modalidade, desempenham papel fundamental para isso. Preparo físico, saúde e boa forma são alguns dos benefícios adquiridos com as atividades físicas. Mas, além disso, bom humor, calma, pensamento estratégico, boa memória, inteligência, competitividade, ou outras atividades ligadas ao cérebro, também são desenvolvidas com a prática esportiva.

Para alguns é difícil associar jogos e esportes com melhoria do desempenho mental, mas está provado que sua prática tem o poder de criar novas conexões neurológicas e manter a mente sempre jovem e ativa. Além disso, os denominados esportes da mente, graças às suas características cognitivas, desenvolvem o Q.I. (quociente de inteligência) e funcionam também como preventivo ao aparecimento de demências. Os exercícios com o cérebro proporcionam o seu fortalecimento e estimulam importantes regiões cerebrais.

Enfim, se estes esportes, a princípio, forem praticados por hobby ou diversão, rapidamente os adeptos vão perceber um melhor desempenho na atenção, na concentração, na disciplina, na habilidade, na forma de reagir diante de situações negativas e em todos os desafios da vida. Escolhemos cinco modalidades para conhecer um pouco mais, inclusive os seus efeitos benéficos:

Poker

Reconhecido pelo Ministério do Esporte como um esporte da mente, o poker faz parte do calendário esportivo brasileiro desde 2011. Em grande evidência nos últimos anos, o jogo saiu dos salões dos cassinos e se popularizou com o advento da internet, sendo hoje, um dos que mais atraem fãs no mundo inteiro.

Essa evolução se dá pelo nível de organização que chegaram os sites de poker. Os jogadores têm acesso online a diversos tipos de salas e jogos, torneios, apostas com dinheiro real e fictício – o poker online pode ser praticado gratuitamente, sem precisar investir dinheiro, até o jogador se sentir seguro e hábil para começar suas apostas reais. Assim, sugiram grandes profissionais de poker que dedicam sua vida ao jogo e são reconhecidos mundialmente.

tv2

Estes atletas são muito bem preparados, pois se trata de um jogo que exige técnicas, estratégias e tomadas de decisão rápidas, além de envolver muita psicologia para ter frieza no comportamento e entender as próximas ações dos adversários, inclusive o blefe.

Os jogadores precisam estar atentos e se adaptar a cada situação, tanto emocionalmente como fisicamente, mesmo porque muitos torneios duram horas e até dias, e o cansaço físico pode influenciar em erros e decisões precipitadas.  No entanto, o poker não é um jogo fácil e que dependa de sorte. É um jogo de inteligência e habilidade, então, exige estudo e treino, por isso sua prática trabalha muito a mente.

Xadrez

Um dos mais conhecidos e antigos jogos de tabuleiro proporciona aumento da criatividade, uma vez que trabalha o lado direito do cérebro. O jogo trabalha também a originalidade, a memória, a concentração, o autocontrole, o raciocínio lógico.

tv3

No caso de jovens, o xadrez estimula o desenvolvimento intelectual, a capacidade de cálculo, o desempenho escolar em disciplinas como Física e Matemática; em adultos e idosos, preserva a agilidade da mente.

Além de contribuir para o desenvolvimento da memória, o jogo desempenha um papel de socializar, pois ensina os praticantes a lidar com derrotas e vitórias, mostrando como é importante refletir antes de agir.

Hoje, também é um esporte que pode ser jogado online, com qualquer adversário do planeta. Assim, saiu dos tabuleiros comuns e conquistou um grande número de adeptos não presenciais, que o praticam pela internet em grandes torneios, sendo considerado um dos maiores esportes do milênio.

Bridge

Também é um jogo de cartas, incorporado à categoria dos jogos da mente e considerado o xadrez do baralho. Para entender o bridge é preciso de um estudo sistemático ou um curso aprofundado.

O caminha mais fácil para aprender é frequentar um clube de bridge, com aulas para iniciantes ou estudar sozinho. Existem sites para isso na internet, com uma boa introdução para o jogo.

O tradicional jogo de habilidades diversas exercita a memória, exigindo táticas, probabilidades e estratégias avançadas. Hoje também é um sucesso na versão online.

Go

Também conhecido como weiqi ou baduk, o jogo de tabuleiro é uma combinação de estratégia e uso de alguns algoritmos de inteligência artificial, disputado por duas pessoas. Sua origem data de mais de dois mil anos, na antiga China, e continua bastante popular na Ásia, principalmente na China e Japão.

tv4

Trata-se de um jogo que pode ser praticado desde a infância, mas que requer muito tempo para ser dominado. Exige o desenvolvimento de habilidades de memória, pensamento abstrato, linguagem, atenção, solução de problemas e orientação de espaço e tempo. Sendo assim, que o pratica tem uma mente formidável, de muita concentração e grande capacidade de criar estratégias.

Foi o desenvolvimento do jogo na internet que o tornou popular no resto do mundo. No Brasil, é praticado por asiáticos e alguns curiosos.

Damas

O jogo de damas parece simples, mas desenvolve a criatividade e a memória, ajudando na concentração e na atenção. Além disso, promove a integração social, reforça a experiência positiva de vitórias e derrotas.

É um excelente meio de elevar o nível intelectual, estimulando o cérebro e aumentando o Q.I., assim como o desenvolvimento de algumas capacidades psíquicas. No jogo de damas, somente a habilidade prevalece, pois não é um jogo de sorte. A visualidade e a precisão são aspectos muito importantes, assim como a idealização de planos, ciladas e combinações de jogadas.

Também oferece versões online, com muitos participantes que se tornam amigos em divertidos chats e torneios.

 

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA