Já faz um tempo que eu quero te falar,

Mas meu medo tem me impedido.

Vou com calma, pois não quero te assustar,

Mas preciso dizer o que tenho escondido.

Parece loucura, nem sei se deveria prosseguir,

Espero que me entenda, mesmo sem retribuir.

Não que a reciprocidade não seja bem-vinda,

Só não quero que ela venha por obrigação.

Se acontecer, será linda,

Mas serei paciente caso a resposta seja “não”.

Tentarei ser breve em minha explicação,

E de você peço apenas compreensão.

Talvez o amor tenha se perdido em algumas garrafas de bebida,

Mas “quem procura, acha”, segundo o ditado.

Essa é a lei da vida.

E eu encontrei mesmo sem ter procurado.

A verdade é que eu quero saber

O que acontece se eu disser que gosto de você?

Leia mais: Eu gosto de você, mas não te amo mais

Se eu me abrir, você me acolhe?

Seja sincero!

Vai ou fica? Você escolhe.

Sem pressa, eu espero.

Se eu te contar uns segredos meus,

Você me conta uns segredos teus?

Desculpa a enxurrada de perguntas,

Acho que sofro de ansiedade.

Mas preciso soltá-las juntas

E te contar de uma vez toda verdade.
Se eu me declarar,

Promete não me deixar?

Às vezes penso que as pessoas esfriaram,

Mas talvez estejam apenas blindadas.

É que muitas já amaram,

Mas tiveram suas expectativas quebradas.

Apesar de toda a beleza que possui o amor,

Precisamos aceitar que ele rima muito com a dor.

Não quero te prender a mim,

Nem quero que fique por dó.

Se for para ser nosso fim,

Que seja de uma vez só.

Leia mais: Deixe o passado partir

Mas me diga, rapaz,

O que é que você faz?

Eu gosto de você, não posso evitar.

Até queria fugir desse sentimento,

Queria me blindar,

Mas falho quando tento.

Vou respeitar sua resposta,

Mas diga, é de mim que você gosta?

Tudo bem se não for,

Faz parte do amadurecimento.

A gente precisa sentir dor

Para fortalecer no crescimento.

Moço, eu gosto de você, entende?

Não sei se isso te surpreende.

Depois disso tudo que te disse, vai me evitar?

Parece que as pessoas têm medo de se apaixonar.

Mas tudo bem, eu aprendo a desgostar,

Melhor sofrer com a verdade do que me enganar.

Eu já cansei dessa brincadeira,

Parece que não, mas esse lance de gostar dá uma baita canseira!

Por fim, moço, te deixo livre para decidir.

O principal você já sabe, já foi dito.

Tudo bem se quiser partir,

Sei que o amor nem sempre é tão bonito.

Mas me diga, por favor, preciso saber,

E se eu disser que gosto de você?

Compartilhar

RECOMENDAMOS



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here