Sou esquizofrênico. Sempre me rebelei com o termo que citam por ai que vivemos numa “esquizofrenia” pela atual conjuntura da sociedade e lutei bravamente para acabar com esse estigma. Porém, hoje eu devo lhes falar: a sociedade vive uma esquizofrenia, sim.

Mas esses que estão nessa sociedade que eu digo, não necessitam de remédios, pois os problemas deles são mais graves. Um dos grandes sintomas da doença Esquizofrenia é a perda de contato com a realidade. Hoje, tenho 32 anos, minha saúde está ótima e continuo cheio de sonhos como completar minha faculdade, continuar tomando meus remédios, ajudar minha mãe, enfim…

Mas infelizmente esbarro no preconceito das pessoas: “não, ele não vai conseguir” ou “Daniel, você sabia que você tem direitos?” Sim, eu sei de muita coisa, inclusive da minha realidade de um cara produtivo para a sociedade, que avança a cada dia, estuda e se mantém refém desse preconceito que é fora da realidade onde eu vivo.

A mesma coisa do negro que quer ser médico, o jovem com condições especiais e é tratado como coitado, enfim… Estamos sim vivendo essa esquizofrenia que são as pessoas tirarem a nossa realidade e impor a realidade preconceituosa delas! Somos capazes, estamos buscando e não teremos mais ou menos méritos que uma pessoa que se diz “normal”. Aliás, pobres “normais” alienados que ainda acreditam que a saúde mental do Brasileiro vai bem. A cada dia surgem novas síndromes, aspectos doentios que são o reflexo dessa própria sociedade que nos tornou incapazes.

Sei que tenho direitos, mas acredito mais nos meus deveres como cidadão e na podridão chamada preconceito que muitas pessoas ainda têm. Isso sim é uma verdadeira falta de noção de realidade e não a realidade que eu vivo. Eu sou um lutador! Disciplinado, tomo meus remédios todos os dias e venço minhas etapas a cada dia. Odeio rótulos e isso não me define!

Essa é a verdadeira sociedade esquizofrênica: que julga, que se acha dona da razão e o pior, que julga o outro sem ao menos ter consciência do que esse outro é capaz!

Mais empatia, por favor!

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Daniel Velloso

É escritor, estudante de Psicologia e é colunista exclusivo do site Fãs da Psicanálise.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here