A labirintite é uma doença que acomete o labirinto, localizado no ouvido. Ela afeta as estruturas responsáveis pela audição e pelo equilíbrio.

As pessoas, erroneamente, denominam como labirintite todo distúrbio presente na parte interna no ouvido, mas o termo correto é labirintopatia. A labirintite é apenas um desses distúrbios.

Na labirintite, áreas internas do ouvido ficam inflamadas e, assim, nervos do vestíbulo (na região do labirinto) enviam sinais falsos ao cérebro como se o corpo estivesse em movimento, mesmo quando está em repouso.

Labirintite segundo Cristina Cairo:

A labirintite significa pensamentos atrapalhados, nervosismo reprimido, o efeito de um golpe emocional, a necessidade de liberdade para pensar e agir, a sensação de falta de amor, sentimento de solidão, dificuldade para expressar-se, estar tonto com tantos problemas emocionais, sentir-se desamparado e teimar em continuar tentando pelos velhos caminhos que nunca deram certo. Pare de tentar achar a saída!

Se você continuar reprimindo seus medos, acabará entrando em pânico. Abra o jogo e liberte-se das amarras que o sufocam, colocando seus sentimentos em primeiro plano.

Leia mais: Silenciar sentimentos pode colocar sua saúde em risco. Conheça os perigos

Sua saúde está lhe pedindo para gritar pela sua felicidade. Pare de se anular. Jogue fora os “lixos” guardados em seu coração e descubra seus verdadeiros sonhos, escondidos nessa escuridão. Seja você mesmo e respeite sua vida. Deixe para resolver os problemas na hora certa, pois vivê-los no dia a dia é prejudicial ao coração.

Acredite que sua felicidade só depende de você e da sua conduta forte e decidida. Aja com humildade, mas seja firma em suas opiniões. Acalme-se e lembre-se que você já é feliz. Pois ninguém e nada nesse mundo poderão fazê-lo infeliz. Somos nós, e não os outros, os únicos responsáveis pela nossa existência. Reaja! Acorde!

(Fonte: eusemfronteiras.com.br)
*Texto publicado com a autorização da administração do site

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA