couple kissing on the bed on early morning

Se tem uma coisa que eu preciso te dizer é: não tenha medo de mergulhar em alguém. Não fuja por medo de sentir intensamente o sabor de uma paixão, deixe que a vida te ensine porque no final das contas você vai perceber que, apesar de tudo, valeu a pena o mergulho e que de alguma maneira, os momentos te proporcionaram sensações que você não sentiu antes.

Não deixe de mergulhar em alguém por medo de se perder, no final a gente sempre se reencontra, ainda mais forte e mais maduro. Não seja covarde consigo mesmo, se estiver a fim de conhecer o interior de alguém não fuja por medo de se machucar. Às vezes a gente perde oportunidades incríveis e pessoas fantásticas por puro medo de se relacionar ou de se envolver.

Não tenha medo de se enrolar em alguém, permita que as tuas pernas se enrolem ao ver o outro sorrindo pra você, permite que o teu cabelo enrosque nos dedos do outro, permita que a tua alma abrigue a alma do outro e se por acaso você sentir medo de se enrolar todo, e tropeçar, e se machucar, lembre-se que o tempo pode até te ajudar a curar algo, mas você só aprende a amadurecer passando por certas situações.

Não tenha medo de mergulhar na alma de alguém. Só assim você vai aprender que algumas pessoas são rasas demais, outras profundas demais, outras um mar violento. Mas é entrando no mar e saindo da areia que a gente aprende a velejar. Ao mergulhar você vai perceber que algumas pessoas são âncora e outras porto seguro, e assim você vai aprender a lidar e consequentemente evitar a superficialidade das pessoas.

Permita-se aprender com os mergulhos e jamais fuja de alguém que você até achou interessante por puro medo de se envolver e se machucar. Eu sei que conhecer o interior do outro dá um medo danado, às vezes decepciona da mesma forma que atrai, vezes assusta, vezes encanta, vezes machuca na mesma intensidade que cura, mas ainda prefiro dar a cara a tapa, ainda acho que permitindo que a vida me leve consigo muito mais aprendizado pra levar na bagagem e amadurecer que simplesmente fugir e evitar sentir.

Ainda penso que encarar as tempestades me deixa muito mais forte que continuar observando da areia e jamais ter coragem pra mergulhar. Prefiro morrer mergulhando que perder uma vida evitando.

(Autor: Iandê Albuquerque)

(Fonte: iandealbuquerque)

*Texto publicado com autorização do autor.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise

A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here