Vai ver o que a gente precisa saber é que a dor passa, a lágrima seca mais rápido do que imaginamos, a saudade diminui até ficar acomodada no passado e virar lembrança, a ferida cicatriza deixando apenas uma marca indolor, a tristeza cansa da mesma morada e dá um adeus, as turbulências duram apenas o tempo da voracidade do vento. E o vento é apenas o vento!

Vai ver a gente precisa apenas entender que a vida não é uma película amorosa, com final feliz, mas um trajeto com concessões, obrigações, alegrias passageiras e vontades duradouras. Há invernos, mas não duram para sempre. Chegará o verão e com a mesma força, também o outono e primavera.

Vai ver a gente precisa compreender que idealizamos demais e vivemos pouco.

Vai ver a gente precisa desaprender os rituais e deixar de ser prisioneiros de nossas ilusões.

(Autora: Ita Portugal)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA