Certamente isso já aconteceu com você em alguma ocasião. Você sabia que este tipo de sonho pode estar relacionado ao estresse?

Sonhar que estamos caindo no vazio é algo tão comum que se diz que pelo menos 95% das pessoas já experimentou esse sonho alguma vez. É uma situação que costuma nos causar uma ansiedade súbita e, em certas ocasiões, acordamos no susto. Por que isso acontece? Leia nosso artigo e descubra!

Possíveis explicações de porquê sonhamos que estamos caindo no vazio

É algo comum, como já dissemos. Dormimos e sonhamos que estamos andando com total tranquilidade quando de repente começamos a cair em um abismo profundo. O chão desaparece ou escorregamos por um precipício onde nosso corpo fica suspenso e temos essa sensação brutal de queda. Nosso coração acelera e acordamos assustados e com uma inquietação mental.

Outra coisa que inclusive também é frequente é a sensação de que, sem saber como, estamos caindo da cama. Aliás, muita gente chega a cair realmente da cama, mas por que isso acontece?

1. Ocorre nas primeiras fases do sono

Se você se lembrar de algo sempre que sonha com esse tipo de coisas, sem dúvidas perceberá que costuma acontecer poucos minutos depois de se deitar e começar a pegar no sono. Na Unidade do Sono do Hospital de Madrid (Espanha), esse tipo de fenômeno é investigado e encontrou-se que costuma ocorrer basicamente por uma pequena descompensação entre o chamado sistema vestibular (presente nos ouvidos) e o sistema sinestésico. O corpo ainda não se adaptou à posição horizontal, por isso ocorre um pequeno erro de processamento que nos obriga a acordar de súbito com a sensação clara de que estamos caindo. Isso faz com que muitas pessoas cheguem a realmente cair da cama.

2. O componente estresse também tem sua influência

Agora tente relacionar como era seu estado pessoal e emocional cada vez que você experimentava esse fenômeno. Sonhar que caímos no vazio também pode estar relacionado com o estresse. Submetemos nosso cérebro a uma atividade intensa, o cortisol acelera nossas funções básicas, a preocupação aumenta, as ondas cerebrais chegam aos seus limites máximos… Porém, quando deitamos nosso cérebro relaxa e uma nova descompensação é produzida: alta atividade cerebral mais corpo relaxado causa uma sensação de queda brutal que se traduz nesse tipo de sonhos, que aos poucos instantes nos obrigam a acordar alarmados.

3. O fenômeno da paralisia do sono

Já falamos sobre a paralisia do sono em nosso artigo sobre transtornos noturnos associados ao sono. Isso ocorre basicamente quando de súbito somos conscientes de que estamos num pesadelo, porém não conseguimos acordar. A sensação é muito vívida e intensa, às vezes até aterrorizante, visto que tudo é muito real. Geralmente o que estamos sonhando se converte em uma experiência desagradável que também nos obriga a querer acordar antes de sentir a dor da queda. Poderíamos concluir dizendo que esse fenômeno tem como principal essência o estresse. Nosso cérebro fica muito excitado e com isso as primeiras fases do sono derivam nessa descompensação mente-corpo onde o cérebro reage com esses sonhos cheios de ansiedade.

Como curiosidade vale a pena citar a versão que nos dá a etologia, que explica que tal sonho pode estar relacionado a um instinto herdado de quando nossos antepassados hominídeos dormiam em árvores e se viam obrigados a acordar de súbito para não cair. Curioso, não?

(Fonte: melhorcomsaude.com )

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA