Por que ficamos receosos e intrigados quando outra pessoa nos olha fixamente? E ainda espiamos de pouco em pouco para ver se o desconhecido continua olhando?

“Olho por olho”, será uma defesa?

Um estudo mostrou que os macacos Rhesus são sensíveis ao olhar fixo. Ao registrar suas ondas cerebrais, a pesquisa revelou alterações nas mesmas quando os macacos percebiam que o homem os olhava fixamente.

Mais curiosa ainda é a conclusão seguinte desse mesmo estudo: foi diagnosticada certa tristeza nos animais, seguida de ansiedade.

O olhar é uma das formas mais primitivas de comunicação. Ao nos expressarmos sem precisar falar, imprimimos emoções, sentimentos, adjetivos e um contexto que nos permite perceber e compreender a mensagem com mais profundidade.

O “discurso” do olhar está inevitavelmente presente nas relações. Inclusive, na relação do indivíduo consigo mesmo. Metaforicamente, parece que somos os únicos a lançar um olhar interno, reflexivo, ao menos evolutivamente falando.

Leia mais: Quando os olhos se tocam toda palavra é mal-dita

Uma troca de olhares permite interação entre as pessoas, e fornece uma sensação de pertencimento.

É interessante como a visão do outro gera um efeito impactante sobre nós. A partir de outro olhar nos constituímos, percebemos e ampliamos a relação com as pessoas ao redor.

Já ouviu a expressão: “o corpo fala”? Pois então, especificamente o olhar tem muito a dizer. Até mais verdades que a própria fala.

No elevador, olhamos para cima, para baixo, para os lados, menos para os olhos da pessoa ao lado.

Leia mais: Interprete olhares e saiba o que as pessoas estão pensando

Os olhos se encarregam de iniciar vários relacionamentos. É tanto que, se alguma pessoa nos olha incessantemente por alguns segundos, o coração bate mais rápido.

Quando é fixo e cerrado, normalmente traduz raiva ou desaprovação. E aquela pessoa que desvia os olhos enquanto fala? Pode estar mentindo

Eventualmente controlamos as palavras, mas as expressões faciais são mais difíceis de “domar”.

Quando uma pessoa se interessa por outra, ambas buscam uma troca de olhares, mas se sentem desconfortáveis quando um olho fixa o outro. Quem de nós não recorda alguma discussão do passado que tenha começado com “Por que você olhou para ele(a) daquele jeito?” ou “Pare de me olhar dessa maneira!”…

Leia mais: O segredo dos seus olhos

O olhar e seu poder de comunicação. “Quem não compreende um olhar, tampouco compreenderá uma longa explicação”.

“Quem não compreende um olhar, tampouco compreenderá uma longa explicação.” Mário Quintana

(Autora: Daniela Malagoli)
(Fonte: meucerebro.com)
*Texto publicado com a autorização do administrador do site

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA