Cartilha da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT) ensina três passos para adquirir e manter novos hábitos de saúde

A euforia das primeiras horas sem fumar pode se transformar em pesadelo se não houver um preparo psicológico do fumante para enfrentar a situação. Veja abaixo três passos para melhorar a adaptação à nova realidade.

PRIMEIRO PASSO: NOVOS HÁBITOS

Em casa:

Ao se levantar, faça de três a cinco respirações profundas.

Após as refeições, escove os dentes imediatamente e evite tomar café, opte por chás leves.

Em vez de ver TV, caminhe, vá ao cinema, telefone para amigos.

Ao atender o telefone, segure um copo com água ou uma caneta.

Peça que os outros fumantes da casa não fumem no ambiente doméstico.

Ao ler um livro ou ouvir música, tenha à mão um suco ou coquetel de frutas.

No trabalho:

Ao tentar se concentrar, faça várias respirações profundas.

Durante as pausas, saia ao ar livre, circule, leia uma revista.

Ao receber um telefonema, tenha uma caneta ou lápis na mão.

Em momentos de estresse, respire, tente aliviar sua agenda de atividades por alguns dias.

Em seu tempo livre:

Peça aos amigos fumantes que não fumem na sua presença ou saia com amigos que não fumam.

Evite ambientes sociais onde seja permitido fumar.

Em vez de só sair para beber com amigos, vá ao cinema, ao teatro ou a um museu.

SEGUNDO PASSO: FAXINA GERAL

Jogue fora cinzeiros, isqueiros e outros objetos relacionados ao consumo de tabaco.

Visite o dentista e faça uma limpeza.

Lave lençóis, fronhas, cortinas e carpetes.

Limpe os tapetes e estofados de seu carro.

TERCEIRO PASSO: OBSERVE OS BENEFÍCIOS

Com a limpeza do organismo, o ex-fumante percebe mais agilidade e menos cansaço ao subir um lance de escada, a tosse diminui, os alimentos passam a ter mais sabor e perfume, há melhora do equilíbrio, da audição e da hidratação da pele, por exemplo, que parece rejuvenescer. Além disso, o risco de ter câncer de pulmão, infarto ou bronquite crônica começa a diminuir imediatamente e as chances de recuperação de doenças relacionadas ao tabaco aumentam a cada dia.

Algumas pessoas ganham peso, é verdade, mas em parte porque comem mais ou devido a alterações transitórias em seu metabolismo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), após um ano sem fumar, o aumento médio de peso fica entre 2kg e 4kg. Para evitar essa bagagem extra, prefira alimentos com baixas calorias; se sentir necessidade de ter algo na boca, use balas ou chicletes dietéticos ou cristais de gengibre; beba bastante água que, além de saciar, ajuda a limpar o corpo da nicotina; e pratique exercícios.

*Caso não consiga parar sozinho, procure ajuda especializada com terapeutas e médicos.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here