Um novo desafio no Facebook e no Twitter preocupa as autoridades de vários países. O jogo chama-se “Game of 72” (Jogo do 72) ou 72-hour-challenge (Desafio das 72 horas) e consiste em desafiar jovens a desaparecerem durante três dias para se tornarem virais, mediante algumas regras.

Para ganhar a aposta, os adolescentes precisam desaparecer de casa por dois dias, limitando ou até cortando o contato com a família. Após o período de 48 horas, eles retornam subitamente, surpreendendo pais e familiares que acreditavam que eles estavam desaparecidos — e que, em muitos casos, acionaram a polícia para investigar o paradeiro das crianças.

Recentemente, uma nova “regra” foi acrescentada ao jogo: o adolescente desaparecido ganha mais pontos a cada menção do seu nome nas redes sociais. Ou seja, quanto mais publicações desesperadas procurando pelo paradeiro dos filhos seus pais fizerem, melhor será a colocação do jovem no desafio.

Ontem, 14 de maio de 2018, uma adolescente de 13 anos, de Campinas, interior de São Paulo, pulou o muro da escola particular e renomada em que estuda e permaneceu desaparecida até hoje de manhã, quando narrou a participação no jogo.

O fenômeno já levou muitas famílias a contactarem as autoridades. No entanto, muitas vezes é difícil distinguir um desaparecimento simulado de um verdadeiro.

O desafio surgiu este ano nos Estados Unidos da América e no Reino Unido e está a alastrar-se a outros países, como a Irlanda do Norte, onde as denúncias deste tipo de casos aumentaram.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here