Ela defende que os adultos inventam que precisam ter filhos, e depois ficam exaustos com todo o trabalho que eles dão.

Em entrevista à BBC, Corinne afirma que nós vivemos em uma sociedade obcecada pelas crianças. “Um filho é considerado uma garantia de felicidade, um desenvolvimento pessoal e até um status social”, falou durante a conversa com o veículo.

Segundo a escritora, quem decide não ter filhos é chamado de egoísta. “Muitos deles se sentem pressionados a se justificar: ‘Não posso ter filhos, mas adoro crianças’”, completou.

Corinne ainda afirmou que ao escutar alguma frase parecida sempre costuma provocar com algum comentário do tipo: “Eu tenho filhos, mas tenho razões para odiar crianças”.

Corinne foi além na entrevista com a BBC, para ela é hora da gente parar de dizer que bebês são sinônimo de felicidade. “Sentir-se realizada com a maternidade (ou paternidade) agora é compulsório.

Na minha experiência, a realidade é bem diferente: criar um filho é 1% de felicidade e 99% de preocupação”, disse.

O trabalho materno, segundo esta francesa, consome muito tempo do ser humano e os pais sempre querem ser “hiperpais.” Sem perceberem que essa exigência, geralmente caída sob as mulheres, é desumana.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

5 COMENTÁRIOS

  1. Ela teve filhos pq quis e transferiu para eles a responsabilidade de gerar nela felicidade: algo completamente individual, interior e intransferível. O problema é e está nela. Filho não faz parte da bolsa de valores, deste modo se no pensamento (torto, errado) dela os seus filhos somente lhe trouxeram prejuízos, problema dela que os calculou de forma monetária: Filho é Investimento e não Plano de Carreira

  2. Cada um inventa um desculpa para própria incapacidade de ser feliz, muitos culpam os pais, outros a política e a lista nunca termina e sempre a culpa está no outro. Essa ditadura da felicidade é bastante opressiva, seu checklist é inalcançável, a listinha dos filhos então…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here