Muitos ligam o ABUSIVO à violência física, mas vai muito além disso. Estar em um relacionamento abusivo não quer dizer necessariamente ser agredido fisicamente.

Em muitos casos a violência toma outras formas de manifestações, como a violência psicológica, sexual e financeira. Elas se manifestam de forma muito mais sutil que a agressão física, por isso mesmo são mais difíceis de serem percebidas, podendo acontecer em qualquer tipo de relação (seja no âmbito amoroso, familiar, profissional ou ciclo de amigos).

Algumas particularidades de viver dentro de um relacionamento abusivo são, por exemplo, sentir-se submisso(a), ameaçado(a), inferior, destruído(a), controlado(a), dominado(a), isolado(a), anulado(a), dificuldade de dizer NÃO, sempre ceder às vontades alheias, depender financeiramente, etc.

Muitas pessoas ficam dentro desta “relação” durante muito tempo, sem entender o abuso que sofrem, criando uma relação de dependência. Nesta relação predomina o excesso de “poder” sobre o parceiro, o desejo de controlá-lo, de tê-lo para si o tempo todo (independente de haver ou não infidelidade).

Você sabe identificar se está num relacionamento abusivo?

*As nossas postagens são produzidas com o intuito de informar e não substituem a opinião de um profissional de saúde, um diagnóstico médico ou os tratamentos já prescritos.

Quer fazer parte de um grupo só de testes? Clique aqui!

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here