Passar a vida tolerando coisas que não gostaríamos de tolerar é algo que descarrega nossas energias e torna impossível uma vida equilibrada.

Abaixo estão listadas algumas coisas que a maioria das pessoas tolera mais do que deveria:

1. Manter uma atitude negativa – Escolha ser infeliz e você encontrará um milhão de motivos para reclamar e fazer cara feia. Escolha ser feliz e encontrará um milhão de razões para sorrir.

2. Fazer parte de círculos de drama – Tente se manter afastado (a) de grupos que priorizam o julgamento e as fofocas. A vida é muito curta para ser gasta falando mal de pessoas e se metendo em problemas sem relevância.

3. Achar constantemente que você poderia ter sido mais gentil – O menor ato de bondade vale mais do que uma intenção grandiosa. Portanto, trate as pessoas direito. A bondade é um presente que qualquer um pode se dar ao luxo de praticar. Seja o doçura na vida amargurada de alguém, seja sempre gentil com as pessoas e com o que você sente e não precisará sentir culpa por não ter feito “o suficiente”.

4 Cultivar pensamentos autodepreciativos – Se você sente que os outros não estão te tratando com amor e respeito, verifique o seu valor. Talvez você inconscientemente transmita uma mensagem de que “Não é bom o suficiente”. Saiba que é você mesmo (a) quem diz aos outros sobre o seu próprio valor. Mostre-lhes que você está disposto (a) a aceitar o seu tempo e atenção. Se você não valorizar e respeitar a si mesmo (a), de todo o coração, ninguém mais o fará.

5. Viver o presente preocupado (a) com um passado doloroso – O primeiro passo para viver a vida que você quer é deixar para trás a vida que você não quer. Deixar de lado o passado é o primeiro passo para a felicidade. Pare de ser um prisioneiro de seu passado e torne-se o arquiteto do seu presente. Aprenda com seus erros, mas não passe a vida se martirizando por eles. Viva além de suas cicatrizes e concentre-se nas imensas possibilidades que aguardam a sua atenção imediata.

6. Estar sempre tão ocupado (a) e disperso (a) a ponto de não apreciar a doçura da vida – algumas vezes, lembrar-se da doçura da vida pode ser mais difícil do que se esquecer a dor. Há beleza em tudo; às vezes, você apenas tem de olhar um pouco mais para vê-la.

7. Basear-se em expectativas de perfeição – A vida nunca será perfeita, não importa o quanto você tente. Sempre existirão momentos de incerteza e dias em que nada dá certo.

8. Não se responsabilizar pelos próprios atos – Responsabilidade significa reconhecer que, independentemente do que aconteceu até esse ponto em sua vida, você é capaz de fazer escolhas para mudar sua situação ou para mudar a maneira de pensar sobre isso.

9. Ser obcecado (a) pelo controle – Lembre-se de que as únicas coisas que você pode verdadeiramente controlar são as escolhas que você tem frente a tudo o que acontecer ao seu redor.

10- Sentir-se culpado (a) por não ser capaz de fazer tudo – Sim, é saudável trabalhar diligentemente para atingir metas significativas, entretanto, não é saudável se repreender por não fazer mais do que você é capaz. Encontre o seu equilíbrio entre atividade e recuperação. Aprenda a relaxar quando você precisar de uma pausa.

11- Manter a ideia de que a felicidade só pode ser encontrada no futuro – Se você está sorrindo agora, você está fazendo certo. O futuro está nascendo a cada segundo em seus pensamentos e ações. Pare de esperar e comece a viver.

12. Não apreciar o que você tem quando “você tem” – Às vezes, a gente acaba traindo aos outros e a nós mesmos simplesmente por que nós prestamos mais atenção no que está faltando do que no que temos. Quando você começa algo pequeno, você quer mais. Quando você tem mais, você deseja ainda mais. Mas quando você perde tudo, você percebe que as pequenas coisas eram realmente as coisas mais importantes. Portanto, não vá à procura de algo melhor a cada segundo. Em vez de pensar sobre o que está perdendo o tempo todo, lembre-se mais vezes do que você tem.

13. Manter uma lista de preocupações muito maior do que uma lista de gratidão – O estresse prospera quando a sua lista de preocupações é maior do que a sua lista de gratidão. A felicidade prospera quando a sua lista de gratidão é maior do que a sua lista de preocupações. Então, encontre algo para ser grato.

14.  Manter-se resistente às mudanças – Experimente um milagre simplesmente mudando sua perspectiva.

15. Deixar que as situações que não deram certo definam quem você é – Às vezes, as transições da vida são a oportunidade perfeita para deixar para trás uma situação desagradável e abraçar algo melhor que está vindo em sua direção. Por favor, não deixe que circunstâncias incontroláveis definam quem você é ou lhe forneçam uma desculpa para ser desagradável.

16. Deixar-se levar pelo condicionamento social – Saber quem você é, é uma coisa, mas realmente acreditar e viver como você acredita é outra. Com todo o condicionamento social em nossa sociedade, às vezes, esquecemo-nos de permanecer fieis a nós mesmos. Não se perca por aí. Você não pode atrair as pessoas certas em sua vida quando você está fingindo ser outra pessoa. Então, seja você mesmo, e se você não pode encontrar um grupo, cujos valores e consciência correspondem ao seu próprio, seja você a fonte inspiradora para os outros.

17. Concentrar-se em pessoas erradas – coisas erradas acontecem quando você confia e se preocupa com as pessoas erradas. Não deixe que pessoas que fazem tão pouco por você controlem seus sentimentos e emoções. Não dedique muito tempo às pessoas que raramente fazem o mesmo por você. Conheça o seu valor. Saiba a diferença entre o que você está recebendo a partir das pessoas e o que você merece. Algumas vezes é melhor deixar que algumas pessoas se afastem, em vez de permaneceram junto de você.

18. Ter comportamentos desonestos – Na vida e nos negócios, a nossa reputação é sempre mais importante do que o nosso próximo salário, e nossa integridade vale mais do que a nossa próxima emoção. Quem age de maneira desonesta vive uma vida de desconfiança e incerteza. Eles vivem em constante medo de que as pessoas que eles traíram também os enganem.

19. Cultivar raiva excessiva – O que o irrita, controla você. Lembre-se disso. Às vezes pensamos que o ódio é uma arma que ataca as pessoas de que não gostamos, mas o ódio é uma lâmina curvada, e os danos que fazemos, fazemos a nós mesmos.

20. Gastar argumentos com pessoas antagônicas – Não desperdice palavras com pessoas que merecem o seu silêncio. Às vezes, a coisa mais poderosa que você pode dizer é nada.

21- Guardar rancores e ressentimentos – Perdoe aos outros, não por que eles merecem perdão, mas por que você merece paz. Liberte-se do fardo de ser uma eterna vítima, e siga em frente com ou sem eles.

22. Conservar velhos hábitos que já se mostraram ineficientes – Só por que você sempre fez algo de uma mesma maneira, não significa que você tem de continuar a agir da mesma forma. Só por que você nunca fez algo, não significa que você não possa começar agora.

23. Persistir em uma realidade de desculpas – É melhor parar de inventar desculpas (para si e para os outros)  se você realmente não tem a intenção de fazer algo. Concentre-se no que você realmente fará.

24. manter uma rotina estagnada – Lembre-se de que a moeda mais importante na vida é a experiência. O dinheiro vem e vai, mas suas experiências ficam com você até o seu último suspiro. Portanto, não tenha medo de misturar as coisas e se desafiar com novas experiências de vida. Às vezes, uma pausa de sua rotina é a coisa de que você mais precisa.

25. Aprenda a somar, mas também a subtrair – Quando as coisas não estão somando em sua vida, comece a subtração. A vida fica mais fácil quando você aprende a excluir as coisas e as pessoas que a tornam difícil. Livrar-se de complexidades desnecessárias em sua vida para que você possa passar mais tempo com as pessoas que você ama e fazer mais das coisas que você realmente quer.

E lembre-se de que a vida é um processo de constantes mudanças, mas o crescimento é opcional. Então, escolha sabiamente. Pare de tolerar o que não deve ser tolerado.

Via Marc and Angel Hack Life

Traduzido e adaptado por Josie Conti

Do original: 27 Stressful Things You Tolerate Too Often

Compartilhado de: http://www.contioutra.com

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA