Na semana passada eu revi o filme E.T. e uma cena me deixou com o coração apertado, mesmo já tendo assistido várias vezes: a parte em que o extraterrestre se despede do menino. Eu me lembrei que da primeira vez que vi esse filme, ainda criança, saí do cinema arrasada, pois não queria que eles se despedissem, eu não conseguia entender como eles poderiam viver separados dali em diante, já que criaram um vínculo tão forte.

Aos poucos, fui percebendo que despedidas fazem parte da vida e que passamos por isso em diversos momentos da nossa história. Temos que nos despedir de pessoas, de lugares, de recordações… Mas as despedidas não são necessariamente ruins. Às vezes elas apenas surgem por termos que dizer adeus para uma fase para que uma nova possa chegar.

E exatamente por isso, tantos filmes têm momentos retratando partidas, que dilaceram o nosso coração, mas que também nos marcam, por serem tão reais e profundos. Separei alguns dos meus preferidos para vocês. Mas, antes de assistirem, preparem os lencinhos… Não digam que eu não avisei!

É, nenhuma despedida é fácil… Mas é esse momento que nos mostra que o percurso valeu a pena!

Um grande beijo!

Paula

(Autora: Paula Pimenta formou-se em Publicidade e começou sua carreira de escritora em 2001, com o livro de poemas Confissão.

É autora das séries best-sellers Fazendo Meu Filme e Minha Vida Fora de Série, e de vários outros livros voltados para o público juvenil)

(Fonte: http://veja.abril.com.br/)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA