Está rolando uma brincadeira no Facebook onde devemos perguntar aos nossos Padawans* qual é o seu nome, quantos anos ele tem, quando é seu aniversário e por aí vai.

Eu acho bem bacana acompanhar as respostas dos filhos dos meus amigos e conhecidos e chego a conclusão que por mais diferentes que eles são, a molecada é tudo igual.

Porém a postagem de um amigo me fez pensar um pouco sobre essa brincadeira:

” Gente … tem bastante gente colocando as perguntas e respostas dos filhos. Só acho que nome, idade e dia de nascimento podemos pular ou colocar “acertou” e “errou” pois infelizmente não sabemos o real interesse de todos que nos seguem. Infelizmente hoje em dia temos que ser assim. Só uma dica!! “

Vivemos em um novo mundo onde somos mídias. Postamos muitas coisas nas redes sociais e nem sabemos quem são as pessoas que estão lendo. Por mais que as postagens estão configuradas apenas para amigos, será que conhecemos todos?

Veja mais: A solidão nas redes sociais – Leandro Karnal com Marília Gabriela

Responda a seguinte pergunta: se um desconhecido perguntasse para você o nome do seu filho, a data de nascimento dele e o seu nome, você iria responder?

Eu não.

O ideal é que pudéssemos fazer qualquer brincadeira nas redes sociais sem medo e sem restrições.

Porém o Facebook, Twitter etc são ferramentas relativamente novas e ainda estamos descobrindo o seu poder.

Fica a dica. Não coloque nas redes sociais informações sensíveis de sua família.

Uma atualização: essas informações não são usadas apenas para sequestros. Pedófilos podem usá-las para aproximar dos Padawans*, bem como bandidos podem descobrir senhas dos pais, pois a grande maioria usa datas e nome dos filhos em sua composição.

* Padawan signica aprendiz, iniciante, e é um termo utilizado nos filmes Star Wars. Padawan são crianças que faziam treinamentos para se tornarem um cavaleiro Jedi, os cavaleiros do lado bom da força.

(Autor: Jorge Freire)
(Fonte: nerdpai.com )
*Adaptação livre de Fãs da Psicanálise

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA