A minha situação é mínima diante de mulheres que passam anos e anos impotentes dentro de um relacionamento abusivo, e hoje estou aqui para falar por elas.

Fui vítima de gaslighting e não é nada fácil de lidar, por mais que eu entendesse o que estava acontecendo, ainda sofri psicologicamente, me culpando por algo que nunca foi minha culpa.

O gaslighting, de acordo com o Wikipédia, é uma forma de abuso psicológico no qual informações são distorcidas, seletivamente omitidas ou simplesmente inventadas para favorecer o abusador e com o intuito de fazer a vítima duvidar de sua própria memória, percepção e sanidade.

Uma vez, quando andava na rua com minha irmã, um homem desconhecido nos chamou de “gostosas”, em seguida minha irmã respondeu algo inesperado e o que o homem replicou? “Tá maluca? Nem mexi com você, sua louca!”.

Eu era mais nova e não entendi o teor da maldade na réplica do abusador. Mas fiquei me questionando porque a vítima é sempre neutralizada em situações como essa? Os homens gostam sempre de “dar a volta por cima” e “sambar” direitinho no psicológico das mulheres.

Por falar em “dar a volta por cima”, recentemente decidi terminar um relacionamento extremamente complicado e após explicar os motivos do término, eu recebi um textão cheirando a gaslighting.

Leia mais: Você já foi vítima de gaslighting? Não sabe o que é? A gente explica!

O que acontece quando você tem provas textuais, não apenas memórias, sobre os relatos que contara, mas ainda assim o abusador consegue distorcer tudo e favorecer a ele?

Esse mesmo homem, uma vez me falou apontando para uma garota que ela era louca, e ao perguntar o motivo a resposta foi repulsiva, “ela do nada começou a ficar com raiva de mim”. Do nada, mesmo?

É inacreditável como os homens fazem isso com naturalidade, e eu me pergunto o porquê. Talvez porque a mídia cinematográfica mostre o gaslighting em filmes, de forma “tão natural” e sem desmascarar os abusadores.

Talvez seja por conta de músicas como Hotline Bling do cantor Drake, que se colocam no lugar de vítima quando a mulher resolve sair de um relacionamento abusivo.

Talvez seja por conta da nossa sociedade patriarcal e extremamente machista que desde sempre ignorou e/ou neutralizou a voz de nós mulheres.

Gaslighting, misoginia, feminicídios e relacionamentos abusivos são todos subdivisões do machismo, ele é o precursor desses problemas. E para combater isso, as pessoas devem tomar consciência e acabar com vícios que essa sociedade criou.

Para homens: começar a parar de culpar a vítima por tudo, é um ótimo primeiro passo para as coisas se resolverem.

Leia mais: Machismo é a regra da casa

Para mulheres: feminismo! Se empoderem! Não se calem! Não se machuquem! Não se culpem! ♥

Obs.: Se rolar uma conversa de “ex loucas” com o seu atual relacionamento, procura saber direitinho o que aconteceu, porque um dia a “ex maluca” pode ser você.

(Autor: Bruna Marconi)
(Fonte: doistercos.com.br )

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



21 COMENTÁRIOS

  1. Bruna Marconi: e quando o inverso ocorre? E quando sua ex é louca psicótica que resolve acabar com sua vida tentando te matar 5 vezes só por que a sua ficha caiu e você percebeu que ela não era nada do que você imaginava e que a partir daí ela te promete acabar com tua vida? E o faz te caluniando 24h por dia nos últimos 10 anos? O que fazer nesses casos? Vamos com calma… nem tanto céu, nem tanto mar… existem anjos e demônios. Até mesmo onde se pensam haver anjos 😉

    • isso é verdade… e quando a ex realmente era louca?? ou quando a mulher é pratica a inversão de culpas e manipula as coisas? feminismo vai resolver também? ou isso só acontece com mulheres?

    • Com certeza Evandro, há casos inversos, mas infelizmente a massa esmagadora de casos ocorre contra mulheres, não somente pela cultura arcaica e machista que grande parte da sociedade ainda carrega mas também pelo abuso que envolve a vantagem física que o homem possui.Mas da mesma forma que a mulher , o homem possui Amparo legal. Procure a delegacia e denuncie.

  2. pois então, olha penso da seguinte forma: essa divisão de gêneros, machismo e feminismo deveria deixar de ser usado, principalmente por mulheres deveríamos adotar mais o termo humanismo sem diferenciação de gêneros pois em termos atuais de comportamento humano nota se cada vez mais um grande crescimento na questão da igualdade na qual muitas mulheres acabam por fazer proveito dessa diferenciação de gêneros para seu favorecimento o que na maioria das vezes acaba sendo injusto. A pratica de “gaslighting” bem como a de outros tipos de comportamentos sejam eles certos ou errados, nocivos ou não para outras pessoas, não fazem parte apenas do universo do comportamento masculino não.

  3. Desculpe a sinceridade.
    Parece que estar no relacionamento é uma obrigação, interessante a parte em que diz que você mesma foi vítima. PQP isso é pra conquistar a confiança do leitor, uma forma de aproximação?

    A lógica é simples:
    Existe uma relacionamento ? Sim.
    Ele é bom? Sim
    Tem eventuais problemas? Sim
    O outro eventualmente soa como louco? Sim

    Parece que o outro tem a obrigação de mudar, de se adaptar a aquilo que você acha que é bom.
    Saca? Vou mandar uma carta para a Coa-cola reclamando que em seus refrigerantes tem muito açúcar.
    A obrigação é sua em parar de tomar refrigerante, a marca não tem de fazer nada que ela não queira.

    Parece uma retardada falando para uma legião de imbecis.

    • André, pense bem no que você escreveu sobre a coca-cola… Clientes reclamaram e ela deu outras opções. Ninguém entra em um relacionamento querendo sair, faz parte o debate, a conversa para tentar melhorar. O problema é que quando estamos muito envolvidas e os abusos começam é difícil distinguir o que é preocupação e o que dominação. Este texto ajuda a entender os relacionamentos. Devemos sim nos educar neste sentido.

    • Querido André,

      Quando a gente compra uma coca-cola, a gente tá (supostamente) comprando a delícia doce e gelada, aquela que não afeta a saúde jamais! O rótulo da coca-cola é perfeito! Mas só no decorrer do tempo que ela vai dando diabetes e câncer que a gente percebe o quão nociva foi,e é!

      O problema não é “parar de tomar o refrigerante”, porque desde a primeira lata ele já está fazendo mal. Parar é uma obrigação de sobrevivência!! Mas e quanto aos malefícios causados? Quem vai reparar??????

      Agora vamos ser mais diretos para que a legião de imbecis, digo seus neurônios, possam entender. Uma mulher não precisa esperar ser internada num manicômio ou cometer suicídio para que haja a punição do gaslighting.

      As consequências dessa prática, que pelo visto você conhece bem, são fatais. Agora, me explique uma coisa, já que o assunto te interessou bastante o suficiente para que você parasse todos os seus afazeres para ler essa reportagem… e ainda mais, que ainda escrevesse, desse exemplos, pontuasse e usasse uma argumentação “lógica” (risos) já que o assunto SUPER TE INTERESSOU.

      Me diga, segundo a lógica, afins atraem afins. A escritora do artigo certamente escreveu sobre isso porque o assunto lhe é familiar. Senão ela estaria escrevendo sobre física quântica, fórmulas matemáticas, etc. E VOCÊ, porque perdeu seu tempo para escrever sobre o assunto? Saca?

      Espero que nunca tenha sofrido uma condenação judicial por maltratar mulheres… Que aliás, são todas loucas… para ver homens misóginos atrás das grades hahahahahahaha (risada de bruxa)

  4. Na realidade não podemos generalizar os homens… porém é fato de que a grande maioria muito grande mesmo infelizmente são terroristas psicológicos fato inegável!

  5. Gaslighting, misoginia, feminicídios e relacionamentos abusivos são todos subdivisões do machismo, ele é o precursor desses problemas.

    Machismo é o novo nome pra satanás? Pq sim, parece aquela ceitas malucas que dizem que todos os problemas da humanidade derivam de uma coisa só. O texto só provou a tese da ex louca.

  6. Interessante e q so homem ta aqui criticando rs. Abusadores?? Claro que nao sepode generalizar, claro que tb existe mulher louca de verdade, mas claro q a grande maioria sofre abuso sim, fosse o contrario existiria lei Maria da Penha para homens vitimas.Boa parte dos homens(nao todos), abusam sim.

  7. Dizem que a maioria esmagadora de manipuladores sao homens, mas eu estou enjoado de ver esse tipo de atitude partindo de ambos os generos. Chega ser assustador saber que existe pessoas que minimizam esses casos com intuito de beneficio ideologico. Vamos parar de achar que somos a unica vitima e ver as coisas de uma forma mais realista. O feminismo ja foi bom um dia, mas ultimamente tem se tornado em fabrica de vitimismo. O problema eh que muitos preferem ser feministas, machistas ou neutros, mas pouco sao os que preferem ser humanistas. Homens e mulheres abusivas sao celulas do mesmo cancer, quem se preoculpa com o genero das celulas cancerigenas nao esta interessado em acabar com o cancer, mas sim em se fazer de vitima.

  8. Não gostei do artigo! Buscando a separação de gêneros. Cada caso é um caso. Tá mais pra uma página de feminismo do que para psicanálise. Revisores da página podiam ter mais critérios científicos.

  9. Eu tive um namorado que fazia isso, o cara era ciumento n me deixava cvs com ninguem nem sair de casa sem ele, e quando eu me estressava e reclamava, ele começava a falar de um monte de coisas q ele achava q eu tava errado, e de coisas q falei q ele julgava ofensivas, e eu sempre acabava cedendo e pedindo desculpas, quando finalmente me cansei e terminei o namoro, ele novamente tentou me convencer, do nada ficou sensivel, ficou falando das lembranças, e tentou fazer joguinhos, quando ele viu q eu n ia ceder, ele me xingou me chamou de monstro e me bloqueou. Conclusao, isso também acontece com homens.

  10. a mulher quase sempre está a mercê direta, ou indiretamente do machismo. A mulher é de uma vulnerabilidade fatal, quer pela sua anatomia, quer pela sua inexperiencia, quer pela necessidade de ser amada. Na minha opinião, só a sorte previne os dissabores a que as mulheres estão expostas. O homem, quando não é um homem, é um defeito genético, além de muito mais propenso a desordens psiquiatricas graves.

  11. Vcs escrevem esse monte de bobeira pq não viveram com homens assim; namorei um cara por dois anos; em três meses ele ja havia se mudado pra minha cs. no inicio era lindo; ele era qs perfeito; qs; obvio. um detalhe que me chamava a atenção era o jeito que ele falava da ex; tudo de ruim a tal tinha; então perguntei pq ele ficou c ela e ele gaguejou; gaguejou e dps disse q é pq ela teria engravidado… n vou entrar em detalhes; quem quase ficou maluca fui eu. ele fazia da minha vida um inferno; dizia ou fazia coisas e desmentia; falava pra tds q eu estava c serios problemas psicológicos; só n contava q eu ja havia pedido a ele q fosse embora, mas q ele não ia; pq era tão bonzinho q os pais não o queriam em cs. só consegui tirá-lo da minha cs qd ele me jogou uma garrafa de álcool; ele só n contava que eu ja havia chamado a polícia… o mal de algumas pessoas é que quando tem alguém alertando, elas logo julgam que a vítima tem culpa; que ta falando em defesa própria e não, não tá; eu já passei por isso; qlql cara q for abusivo eu irei detectar logo no começo e vazar; a autora do texto também;pra nós que ja tivemos essa experiência, falar sobre, é uma forma de abrir os olhos de terceiros. Meninas, fiquem espertas; desconfiem dese tipo de homem. vejam como ele se refere as outras mulheres; se pra eles tds são putas; p q que com vc seria diferente? abra o olho!!!! e vcs, meninos; estamos espertas e repassando suas características abusivas. Machistas não passarão.

  12. Eu acredito que não podemos generalizar o problema e dizer que só os homens são manipuladores e abusadores. Não é comportamento exclusivo masculino se fazer de vítima, mas de todas pessoas de mal caráter, seja homem e seja mulher. Meu marido tb dizia que a ex era louca e eu nunca acreditei, até eu perceber que ela é era louca de verdade, rsrs, ela perseguiu ele por 8 anos e me perseguiu tb sem nem conhece-la só pq o sou casada com o ew marido dela. Então não vamos só culpar os homens, tb existe mulher sem caráter, manipuladora e abusiva.

DEIXE UMA RESPOSTA