É sintoma de uma preocupação exagerada com o amanhã, é o medo de estar errado em algo e a incerteza de que, de uma forma ou de outra, tudo se resolverá.

Cuidado com o congestionamento de novas idéias, que ativa demais sua ansiedade, aumentando o fluxo sanguíneo no cérebro e provocando a insônia.

Num dos livros de Mardem, consta que o professor W. C. Anderson, da Universidade de Yale, conseguiu ”pesar” o pensamento do ser humano.

Para isso utilizou-se de uma balança de alta sensibilidade em forma de gangorra e pediu a uma pessoa que se deitasse sobre essa balança, mantendo-a absolutamente equilibrada, de modo que não houvesse inclinação para nenhum dos lados.

A seguir ele pediu para a pessoa deitada na balança que resolvesse uma questão muito difícil de matemática: verificou que a balança pendeu para o lado onde estava a cabeça, indicando que, devido ao esforço mental, ocorrera maior afluxo de sangue no cérebro.

A seguir o professor Anderson pediu ao seu colaborador que parasse de tentar resolver as questões e concentrasse o pensamento nas pernas, imaginando estar praticando ginástica com elas. Desta vez a balança pendeu para o lado onde estavam as pernas.

Com esta verdade, saiba que é muito importante relaxar à noite, antes de dormir. No Japão, desde os tempos mais remotos, existia um tipo de treinamento que consistia em concentrar as forças no abdome para aliviar o cérebro.

O grande mestre budista Hakuin fazia antes de dormir o treinamento de respiração ”através dos calcanhares”. Ele 183 imaginava que, em seus pés, havia orifícios de entrada e saída de ar e, com isso, o sangue fluía abundantemente para as pernas, deixando a cabeça leve e a mente serena. Assim ele conseguia dormir profundamente.

Deixe para trás o dia que passou, sinta que o amanhã será tranqüilo e que tudo acontecerá da melhor maneira, em todos os sentidos.

Se você insistir em tentar resolver seus problemas durante a noite, além de conseguir uma insônia angustiante, vai bloquear também a sua intuição — que só funciona através da tranqüilidade.

Se for preciso, tome um banho quente, que fará seus vasos sanguíneos entrarem em um processo de vasodilatação que, conseqüentemente, o levará a uma agradável sensação de relaxamento.

Pratique o relaxamento mental que citei acima, porque será de grande eficiência para você conseguir dormir e também receber boas inspirações, resolvendo assim os problemas que o afligem.

O banho frio servirá apenas para você acordar de uma vez, caso não queira dormir. O importante é seguir o que o coração manda e não o que ”decretaram” como certo.

Pare de sofrer: caso você não consiga se concentrar no relaxamento, aceite a insônia com bom humor. Às vezes dormimos pouco, mas dormimos bem.

Esqueça as horas que passam, pois se você conseguir relaxar realmente por ”apenas” trinta minutos, ou até menos, isto equivalerá a muitas horas de sono.

Mas, lembre-se de começar a estudar um pouco mais sobre você mesmo e aprender que tudo na vida acontece conforme pensamos. Trabalhe sua cabeça em direção à tranqüilidade. Bom sono!”

(Autora: Cristina Cairo, A Linguagem do Corpo)

(Fonte: Do perfil pessoal da colega psicanalista Andrea Gasparini)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



4 COMENTÁRIOS

  1. Olá, gostaria de saber porque não recebo mais notificações das publicações e pq não posso mais comentar na página? Fui excluída? Posso saber porque????

DEIXE UMA RESPOSTA