Um comportamento perigoso adotado por adolescentes pode causar intoxicações graves e um conjunto de sintomas que podem levar à morte. A brincadeira consiste em inalar gases presentes em buzinas usadas geralmente em competições esportivas – uma combinação dos gases butano e propano -, brinquedo aparentemente inofensivo que pode ser encontrado em lojas de produtos populares no Centro da cidade. Custa em média R$ 7,00, mas seus efeitos são devastadores, alertam especialistas.

buzina

Os gases usados na tal buzina são os mesmos encontrados em desodorantes, isqueiros e latas de spray em geral. O butano é o conhecido gás de cozinha, altamente inflamável. Quando inalados, esses gases têm efeito asfixiante no organismo do usuário, porque sua absorção é perfeita. Mas adolescentes justificam o uso porque os tais gases teriam o poder de provocar uma certa euforia após a inalação, como ocorre com outros solventes, como o lança-perfume e a chamada cola de sapateiro. Também têm o poder de alterar o timbre da voz, o que chama ainda mais a atenção dos adolescentes, levando ao uso inadequado do produto.

Há alguns anos, casos de supostas intoxicações provocadas pelo gás propileno começaram a ser relatadas em cidades brasileiras, inclusive com suspeitas de óbitos causados pelo uso do produto.

Especialistas alertam os pais para os perigos do gás butano, substância tóxica encontrada em isqueiros. Jovens usam o gás como droga e chegam a trocar informações pela internet. O butano já é responsável por mais da metade das mortes por inalação em São Paulo.

“No momento você fica tonto e sai meio que fora de si. Depois de uns dez segundos, você volta… Usa na escola, em casa, casa de amigos, em viagens”, disse um aluno de um colégio particular bem conhecido em São Paulo. Sua mãe descobriu há pouco tempo que o filho de 15 anos e os colegas se divertiam com o gás: “Fiquei meio desorientada, porque não esperava que eles estivessem mexendo com isso”.

Leia Mais: Aos Pais e Filhos: Uma Vacina Anti-Drogas

O que mais tem preocupado os pais nem é o fácil acesso dos filhos à droga, mas o risco para quem a utiliza. Segundo especialistas, o gás faz o coração bater mais devagar e de forma descompassada, podendo causar morte súbita. Os especialistas ainda dizem que o efeito do gás no organismo é rápido e que normalmente não deixa pistas para que os pais e professores percebam.

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA