Shjot of a father and son enjoying a day outdoorshttp://195.154.178.81/DATA/i_collage/pi/shoots/784145.jpg

Eu estava vindo para o Centro agora cedo de ônibus. Sim, eu prefiro e não ando com paciência para me estressar nesse trânsito infernal (ainda mais com essa chuva).

De repente a esposa do cobrador e o filhinho dele entraram no “latão”.

O motorista cumprimentou os dois e começou a conversar com a criança, até que veio a pergunta (primeira pressão que o ser humano sofre na vida):

– Matheus, o que queres ser quando crescer?

Ele mais que depressa (e todo orgulhoso) respondeu:

– Cobrador!

Risadas ecoaram pelo ônibus e o motorista continuou:

– Mas cobrador trabalha muito, ganha pouco, faz hora extra, trabalha fim de semana…

E o menino respondeu:

– Não tem problema, eu quero ser cobrador igual o meu pai!

Achei tão bonitinho! O guri sente orgulho do pai e quer ser igual a ele! Só que o pai/cobrador interferiu:

– Nada disso, Matheus.

Leia mais: O que você quer ser quando crescer?

Tira essa ideia estúpida da tua cabeça. Você não vai ser cobrador, vai ser advogado ou político.

Ixi, mal sabe ele como advogado trabalha. Prova disso sou eu aqui, em pleno sábado, terminando coisas que não tive tempo para fazer na semana passada….

Fiquei torcendo para o Matheus entrar para política…

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Saíle Bárbara Barreto
Advogada. É colunista do site Fãs da Psicanálise.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here