Sobre reviravoltas na vida

Sua vida está boa.

As coisas começaram a dar certo pra você. Você começou a ter os resultados que esperava e isso te deixou feliz. Você se sente orgulhoso do que aconteceu. E sente que toda a sua dedicação valeu a pena. Sente que finalmente entendeu como as coisas funcionam e a partir de agora é só alegria.

Mas de repente você é surpreendido com uma primeira pequena notícia não tão boa.

Ainda assim você fica bem.

Mas logo vem outra.

E de repente você se vê bombardeado por problemas e cercado de desafios.

Como um boxeador que começou a receber uma sequência de socos.

Você se sente sufocado.

E aí de repente tudo que era lindo começa a ir mal.

Você entrou numa espiral negativa.

E agora?

Eu já entrei e saí dessa. Várias vezes.

Algumas vezes eu demorei alguns bons meses pra sair. Outras vezes foram algumas semanas. Recentemente tenho conseguido sair em apenas algumas horas.

A verdade é que nossa mente parece ser programada para buscar estabilidade nas coisas.

Parece que queremos que tudo fique igual o tempo todo.

É como se plantássemos uma árvore frutífera e quiséssemos que ela estivesse carregada o ano inteiro.

Ou que a temperatura fosse sempre um calorzinho com uma brisa gostosa as 24 horas do dia.

Mas se na natureza não é assim, na nossa vida também não é.

Quando eu aceitei que a vida é instável e impermanente, eu consegui viver de uma forma diferente.

Eu pude entender que as coisas vão mudar o tempo inteiro. E a minha vida só vai ser boa se eu aprender a surfar essas mudanças.

Sempre que eu fico apegado a como as coisas estavam na semana anterior, eu sofro. Quando eu me lamento que hoje não tá tão fácil como estava ontem, eu sofro.

Quando eu aceito, eu consigo ter forças para trabalhar no que preciso corrigir para retomar a espiral positiva.

E aqui vai um aprendizado que eu tive.

Quando as coisas vão mal, não tente mudar as coisas que vão mal.

Não caia no erro de achar que é só se esforçar mais e trabalhar mais. A vida não é o esforço.

Quando as coisas vão mal, você só precisa trabalhar para mudar sua vibração.

E você muda sua vibração fazendo as coisas que gosta, ouvindo músicas que gosta, conversando com pessoas que você ama, se conectando à natureza, movimentando sua energia, sentindo gratidão e alimentando a sua alma.

Quando você faz isso, parece que os problemas se isolam de alguma forma.

E nesse espaço que você criou você ganha forças para acreditar no que está fazendo.

E aí de repente as coisas começam a mudar fora de você.

Observe como você está reagindo a esse desafio e faça o que for possível para mudar sua vibração.

De dentro pra fora a mudança acontece.

E aí a espiral se inverte e de repente tudo vai bem.

(Autor: Gustavo Tanaka)

(Fonte: medium.com)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



1 COMENTÁRIO

  1. Eu amo esse site! Eu estou justamente saindo de um período turbulento da vida e entrando num período de calmaria. Acredito que depois de ler este texto, conseguirei ser mais equilibrada e mudar minhas vibrações no próximo período difícil. 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA