Há momentos em que estamos tão cansados que acabamos querendo desistir, entregar os pontos. Queremos dormir e acordar quando tudo estiver resolvido, mas tendo em vista que nada disso é possível, precisamos aceitar a realidade e buscar as soluções, afinal talvez um de nossos grandes problemas seja o nosso hábito de focar só no problema e pouco na solução.

Pensando nisso, Yana Gorbovskaya, divulgou esse pequeno guia para o blog “Harmony Seeker”. Ela sugere que você se faça estas 10 perguntas quando estiver sentindo-se mal.

1- Quando foi a última vez que você bebeu água?

Se já faz mais de trinta minutos ou uma hora, beba um copo de água e simplesmente respire fundo. É um passo simples que pode fazer diferença.

2- Quando foi a última vez que você comeu?

O velho ditado que diz que saco vazio não para em pé, tem o seu fundamento, então se a última vez foi há mais de duas a três horas, coma algo. Mas por favor, que não seja doces, e sim algo que contenha proteína.

É surpreendente quantos dramas se resolvem após uma refeição. Nosso cérebro é esquisito. Quando temos fome, em vez de nos fazer ir até a lanchonete mais próxima ou à geladeira, nosso corpo começa a trazer à tona problemas existenciais ou sociais. Se você já assistiu a algum desses reality shows de sobrevivência, deve ter percebido como, após alguns dias sem comida, o humor muda e muita gente chega a ter crises de choro sem explicação aparente. Falta de comida!

3- Quando foi a última vez que você se exercitou?

Já batemos diversas vezes na tecla do sedentarismo, lembrando vocês que ele é uma espécie de maldição que invoca o demônio da depressão e do cansaço. Talvez você pense que, ficando parado sempre no mesmo lugar, sem movimento, sua energia deveria estar no máximo, e até mesmo acumulando-se. Só que não. A evolução nos obriga a estar em movimento, porque a energia do nosso corpo não aparece do nada.

Portanto, a forma mais simples de dar um pouco de felicidade e força é correr e fazer exercícios durante uns quarenta minutos. Se tiver uma academia perto de casa, matricule-se. Aproximadamente uma hora depois de um treino, seu cérebro produz uma dose dos hormônios associados ao bem-estar, fazendo com que você se sinta melhor consigo mesmo.

4- Quando foi a última vez que você concluiu uma tarefa?

Em alguns momentos, podemos nos sentir impotentes, quando nos vemos resultado em nossos esforços. Mas existe um truque que pode ser usado nessas horas: mantenha o foco em outro tipo de atividade, que você possa completar rapidamente.

Escreva uma carta. Faça uma playlist. Limpe seu quarto. Faça algo que devolva a sensação de controle e lhe faça sentir-se útil: “Como eu fiz isso bem!”.

5- Quando foi a última vez que você comeu frutas?

Infelizmente, os benefícios desta solução não se percebem tão rapidamente, mas até mesmo comer uma maçã, uma pera ou outra fruta agora mesmo poderá fazer com que você se sinta melhor.

6- Quando foi a última vez que você elogiou a si mesmo?

Geralmente, esperamos um elogio ou aprovação dos outros assim como esperávamos dos nossos pais durante a infância. Porém, quando crescemos, precisamos ser nossos próprios pais. Não há nada de errado em querer a aprovação alheia, mas também não há problemas em elogiar a si mesmo.

Você precisa ser alguém que você goste, caso contrário, nunca haverão pessoas o suficiente que façam com que você se sinta amada (o).

7- Quando foi a última vez que você dormiu horas o suficiente para descansar?

Se você acaba de acordar, mas não dormiu ao menos seis horas, adie todos os seus compromissos, até os mais urgentes, para poder dormir oito horas.

Se, para você, é impossível evitar tomar decisões, peça ajuda a um amigo que tenha dormido bem e a quem você possa recorrer em casos de emergência. Ainda que o conselho dado lhe cause irritação, a possibilidade de que ele tenha razão e de que você precisa apenas dormir um pouco mais é muito alta (nosso corpo sobre muito quando dormimos mal).

8- Quando foi a última vez que você disse algo bonito a alguém?

Não irei revelar o segredo deste truque, mas ele funciona tanto quanto o do coelho na cartola. Encontre alguém, seja pessoalmente ou via online. Observe-o bem ou lembre-se de algo que aquela pessoa faz com perfeição. Encontre um motivo para elogiá-lo sinceramente, de todo o coração. Faça-o com honestidade. Tome uma xícara de chá e prossiga com suas tarefas.

9- Você abraçou alguém nos últimos dois dias?

Os abraços são uma das partes mais importantes da vida. As crianças que são pouco abraçadas crescem ansiosas e irritadiças. Os adultos que ninguém abraça adoecem e cansam mais rapidamente.

Se faz tempo que você não abraça a ninguém, não tenha vergonha de pedir um abraço aos amigos. Ou então abrace seu cão ou seu gato. Cinco minutos de abraços apertados podem salvar o mundo, sem falar no bem que faz ao seu ânimo e energia.

10- Você anda cansado ultimamente (física ou psicologicamente)?

Muitas tarefas no trabalho, um treino intenso na academia, discussões com os entes queridos: tudo isso pode não parecer muito importante, mas a verdade é que são coisas que nos esgotam aos poucos. Se você já trabalhou muito ou encarou situações de estresse, beba água, encontre uma superfície horizontal e deite-se.

Respire: inspire lentamente e conte até 5, prenda a respiração e expire contando até 8. Repita. Fique deitado repetindo este processo por 10 minutos, dando atenção à respiração e tentando deixar a mente vazia.

Cuide-se!

Talvez você pense que todas as dicas dadas aqui sejam muito simples para fazer diferença em sua vida agora, já que tudo parece tão complicado, no entanto, devemos começar pelo simples até o mais complexo para alcançarmos o que queremos.

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA