Cada apaixonado por cães sabe que o vínculo entre os seres humanos e os seus homólogos caninos é profundo.

De acordo com um estudo recente, essa ligação pode ser tão próxima que até mesmo os corações de cães e seus donos podem entrar em sintonia um com o outro.

O experimento, feito conjuntamente pela Universidade de Monash, na Austrália, e pela fabricante de comidas para animais Pedigree, pegou três pares de cachorros e proprietários e colocou todos em monitores de frequência cardíaca.

Eles separaram os cães de seus proprietários e registraram a mudança de batimentos cardíacos quando eles eram reunidos novamente. Dentro de um minuto, ambos os batimentos cardíacos caíram significativamente, até mesmo parecendo se espelhar no outro.

Leia mais: Os cachorros sentem emoções comparadas às de uma criança

Mia Cobb, especialista canina que conduziu o estudo ao lado do Dr. Craig Duncan, afirmou ao site Huffington Post que os resultados mostraram como a relação homem-cão é mutuamente vantajosa na redução dos níveis de estresse.

Já está provado que cães podem diminuir o nosso ritmo cardíaco, ajudando a reduzir o estresse, mas esta nova pesquisa sugere que os cães também estão se beneficiando fisicamente do relacionamento com humanos.

“Este projeto é uma boa ilustração do que a maioria dos proprietários experimentam todas as noites, quando eles chegam em casa do trabalho e se reúnem com seus companheiros”, salienta Cobb.

Leia mais: Os benefícios da convivência com animais

“Este efeito, de experimentar uma desaceleração dos batimentos cardíacos, faz uma diferença significativa para o nosso bem-estar geral. Se nós podemos diminuir o nosso ritmo cardíaco por estarmos com os nossos animais, isso é algo que pode realmente beneficiar a comunidade”, projeta ela.

Mais uma evidência de que cães são mesmo impressionantes

(Fonte: hypescience.com)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA