a young woman and her German Shepherd dog are laying outside in the grass and she is lovingly hugging and kissing him. VIntage style color. ** Note: Soft Focus at 100%, best at smaller sizes

Existem diversos benefícios na convivência com os animais, não só físicos e mentais, mas também educacionais, por exemplo. Conheça abaixo alguns dos benefícios e também as diversas áreas de atuação das Terapias Assistidas por Animais.

Físico

-Melhorar as habilidades motoras finas;
-Melhora as habilidades para a condução cadeiras de rodas, andadores e etc;
-Melhorar a posição de equilíbrio;

Saúde Mental

-Aumentar interações verbais entre os membros do grupo;
-Aumentar as habilidades de atenção (ou seja, prestar atenção, permanecer na tarefa);
-Desenvolver habilidades de lazer / recreação;
-Aumentar a auto-estima;
-Reduzir a ansiedade em geral;
-Reduzir a solidão e depressão.

Educacional

-Aumentar o vocabulário;
-Ajudar na memória de longo ou curto prazo;
-Melhorar o conhecimento de conceitos como tamanho, cor, etc.;
-Melhorar a vontade de se envolverem em uma atividade de grupo;
-Melhorar as interações com os outros;
-Aumento exercício;
-Motivacional.

Benefícios para as crianças

-Ter animal de estimação ensina as crianças a responsabilidade e respeito para com os outros seres vivos.
-Aumenta a auto-estima.
-As crianças que possuem um animal de estimação estão mais envolvidas em atividades como esportes, hobbies, clubes ou tarefas.
-Contribuem para o crescimento saudável de uma criança.
-A utilização de animais durante as sessões de terapias tem como resultado melhorias significativas nos processos de tratamento de uma criança que sofre de uma doença.

Benefícios para os adultos

De acordo com o Inquérito à Ocupação do Tempo Americana (2007), a maioria dos trabalhadores gastam cerca de 7,6 horas de trabalho em seus dias normais de trabalho. Com tais rotinas de trabalho, passar algum tempo brincando com seus animais de estimação ajuda a reduzir pressão arterial e diminuir a sua ansiedade e níveis de estresse.

Adultos que não têm filhos também podem aprender as habilidades do carinho e da paternidade quando um animal entra em suas vidas.

Estudos também refletem melhora significativa que ocorre entre os pacientes adultos quando os animais estão incluídos durante as sessões de terapia.

Benefícios para os idosos

Estudos têm refletido que os idosos com cães vão menos ao médico, têm menores problemas de saúde e ainda têm níveis mais baixos de pressão arterial e colesterol em comparação aos não-proprietários do animal de estimação.

O companheirismo que os animais oferecem motiva os idosos a se envolver mais nas atividades diárias e de socialização. Trazem um novo significado e propósito para sua vida.

Animais de estimação são altamente benéficos para os pacientes idosos.

Benefícios Fisiológicos

Em 2001: estudo realizado pelos Professores Doutores Johannes Odendaal e a Susan Iehmann , publicado no Journal of the American Association of Human-Animal Bond Veterinarian (AAHABV) África do Sul, comprovou que após 15 a 20 minutos de interação com o animal há a liberação no organismo humano:

Neurotransmissores (são substâncias químicas produzidas pelos neurônios)

-AUMENTA Prazer e controle motor: DOPAMINA
-AUMENTA Ânimo e antidepressivo: FENILATALAMINA
-AUMENTA Analgésico e sensação de bem-estar: ENDORFINA

Hormônios (mensageiros químicos do corpo)

-AUMENTA Vínculo social: PROLACTINA
-AUMENTA Confiança: OXITOCINA
-DIMINUI Estresse: CORTISOL

Área de Atuação

Hospitalar

-Humanização do ambiente hospitalar (Contra ponto do Hospitalismo – quadro de privação afetiva que leva a um quadro estresse);
-Contato com mundo externo;
-Facilitador na execução dos procedimentos diários;
-Fator motivacional à reabilitação;
-Ausência de julgamento.

Fisioterapia

-Estímulos cognitivo, sensorial e físico;
-Facilitador na execução das atividades;
-Fator motivacional à reabilitação;
-Ausência de julgamento.

Psicologia

-Instrumento lúdico;
-Facilitador do processo terapeuta-paciente;
-Objeto transicional – o animal pode se o mais efetivo e afetivo objeto;
-Fator motivacional à reabilitação;
-Ausência de julgamento.

Pedagogia

-Facilitador das práticas educacionais e do aprendizado significativo;
-Estímulo na leitura, escrita, trabalho em equipe;
-Fator motivacional à reabilitação;
-Ausência de julgamento.

Terapia Ocupacional

-Estruturação de atividades diárias;
-Independência pessoal;
-Motivador da sociabilização e reabilitação;
-Ausência de julgamento.

Fonoaudiologia

-Instrumento facilitador à verbalização;
-Fator motivacional à reabilitação;
-Ausência de julgamento

Público Alvo

-Enfermarias de Hospitais gerais;
-Hospitais–dia;
-Hospitais psiquiátricos;
-Clínicas diversas;
-Instituições de Educação Especial, incluindo salas de aula;
-Instituições que cuidam de vítimas de abusos (violência doméstica);
-Programas para Terceira Idade;
-Crianças institucionalizadas (Creche, NSE e Abrigos);
-Pacientes crônicos;
-Jovens e Adolescentes em Medida Sócio Educativas (LA e PSC);
-Prisões;
-Asilos;
-Empresas.

(Fonte: patastherapeutas.org )

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA