Entre o olfato, o tato, a audição, o paladar e a visão, qual dos sentidos jamais gostaria de perder? A visão? Pois, não se sinta sozinho, essa é a opinião de 85% dos participantes de um recente estudo da Novartis.

A propósito da Semana Mundial da Glaucoma, que se celebrou entre os dias 12 e 18 de março, a empresa farmacêutica decidiu avaliar a importância que se dá à visão e aos cuidados que são tidos como importantes.

Para o estudo, participaram cinco mil pessoas de cinco países: Austrália, França, Alemanha, Espanha e Estados Unidos.

Num comunicado enviado às redações, a Novartis indica que a visão é mesmo o sentido que as pessoas mais temem perder e que 87% dos inquiridos defende que os exames oftalmológicos regulares são importantes para manter a boa saúde ocular, embora apenas 33% realize rastreios anuais.

As dificuldades financeiras foram o motivo apresentado por 21% dos inquiridos que não faz uma avaliação anual à saúde da visão, seguindo-se a comum ideia de que não se tem problemas de visão para ser necessário ir ao médico, uma desculpa apresentada por 19% dos inquiridos. Não achar o rastreio anual necessário foi a justificação para 17%.

Uma vez que a glaucoma é uma das principais causas de cegueira, o estudo focou-se ainda no conhecimento das pessoas sobre esta condição, concluindo que 54% dos inquiridos não está familiarizado com a doença, mostrando algum desconhecimento sobre as causas e as consequências da mesma.

Leia mais: É assim que uma pessoa insegura enxerga o mundo.

A glaucoma afeta 80 milhões de pessoas em todo o mundo.

Fonte: Notícias ao Minuto

Autor: Daniela Costa Teixeira

Compartilhar

RECOMENDAMOS

Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here