Você está se sentindo deprimido após um rompimento?

Você estava em um relacionamento que terminou recentemente e, quer você queira ou não, sente-se sozinho e deprimido, sem esperança, achando que nunca mais será feliz?

Deixe-me dizer-lhe que você não está sozinho – há muitas mulheres (e homens) por aí agora, sentindo o mesmo que você. E as boas notícias? Todos nos sentiremos melhor em breve, prometo.

Quando? Deixe-me compartilhar o que eu sei:

1. Saiba que seus sentimentos são normais.

Você acabou de terminar com alguém com quem estava profundamente conectado. As esperanças e sonhos que você teve para o futuro foram completamente frustradas. Você está passando um tempo sozinho que costumava passar com ela (e). Sua vida é totalmente diferente e, honestamente, não é tão boa.

Você vai ficar triste. Você vai ficar arrasado. E está tudo bem.

Lembro-me, menos de 12 horas depois que minha mãe morreu, meu padrasto estava dizendo a si mesmo para sair disso, para não ficar triste. Ele não conseguia lidar com a dor que estava sentindo. Quatro anos depois, ele ainda está sobrecarregado por sua perda.

É importante estar bem com as emoções que você está sentindo. Não é um reflexo de qualquer fraqueza da sua parte. É um reflexo da dor que você está sentindo. E é importante que você sinta esses sentimentos. Que você sinta a dor, a tristeza e o arrependimento e quaisquer emoções que surjam como resultado do rompimento.

Somente sentindo e processando emoções de verdade, você é capaz de trabalhar com elas e deixá-las ir.

Então abrace suas emoções. Possua-as como suas. Processe-as e deixe-as ir. Se você fizer isso, poderá deixar de se sentir deprimido depois de deixar de lado o amor.

2. Coloque-se em primeiro lugar.

Uma das razões pelas quais é tão difícil superar a depressão após um rompimento é porque, quando estamos deprimidos, paramos de cuidar de nós mesmos.

Você está gastando muito tempo vendo série e tomando sorvete? Quando você sai, bebe mais que o normal? Você não está dormindo? Você sentiu perda de memória recente?

Se você respondeu sim a alguma dessas perguntas, não está sozinho. Conheço muitas mulheres que tratam problemas emocionais com sorvete e maratonas de séries. Portanto, não se sinta mal, mas tente fazer uma mudança.

Se você não conseguir dormir, tome Melatonina para ajudá-lo. Se você está tomando sorvete, tente comer um pouco menos. Tente sair do sofá e dar um passeio.

Cuidar de si mesmo nesse momento difícil é uma parte essencial para superar a sensação de depressão após um rompimento.

3. Abrace as coisas que lhe trazem alegria.

Sou alguém que luta contra a depressão todos os dias, e uma das principais coisas que faço quando estou deprimida é garantir que eu faça as coisas que sei que me fazem feliz.

Que tipo de coisas? Eu assisto filmes. Eu como chocolate. Eu abraço meu cachorro. Eu passo um tempo com meus filhos.

Há evidências factuais de que fazer coisas que o faz feliz, que o faz sorrir, na verdade ajuda a aliviar a depressão. Foi comprovado que o ato real de sorrir altera as substâncias químicas disparadas em seu cérebro, as que estão causando a depressão.

Então, o que te faz feliz? Eu sei que você está se sentindo deprimido e a ideia de fazer QUALQUER COISA é demais para suportar, mas levante-se do sofá e faça apenas uma coisa que você gosta de fazer. Veja o que acontece.

4. Sem perseguição.

Por alguma razão, quando estamos passando por um rompimento, não podemos resistir à tentação de perseguir nosso ex nas mídias sociais. A tentação de ver o que eles estão fazendo, com quem estão saindo, é demais para resistir.

Quando você faz isso, você se sente melhor? Eu acho que não.

Uma das partes mais importantes de superar a depressão após um rompimento é remover completamente qualquer coisa relacionada ao seu ex. Bloqueie-os no seu telefone. Desconecte-o no Facebook, Instagram, etc. Não fale com seus amigos sobre o que ele está fazendo.

Em vez disso, finja que ele simplesmente não existe. Finja que ele é alguém que você conhecia e que desapareceu da face da terra. Quanto menos você pensa e sabe sobre o seu ex, mais fácil será para você superá-lo.

5. Não desista.

Eu sei. Eu sei. A perspectiva de voltar a outro relacionamento é a última coisa que você deseja fazer. Dar-se a alguém quando você ainda ama outro alguém parece impossível.

E isso é justo. Mas também é importante que você não pare de viver sua vida. Você só tem uma vida e é curta.

Então, se alguém do trabalho convida você para uma bebida, faça-o! Vá ao cinema com os amigos. Se você for convidado para uma festa, vá. Coloque-se de volta ao mundo e no caminho do amor. Você conhecerá novas pessoas, terá novas experiências e talvez encontre outra pessoa para chamar de sua.

Se você ficar em casa no sofá, assistindo The Bachelor e tomando sorvete, poderá se sentir seguro e menos vulnerável, mas também ficará deprimido porque parou de viver e não se sentirá bem consigo mesmo.

Coloque-se lá fora. Viva sua vida. Você será feliz.

Sentir-se deprimido após um rompimento é uma sensação horrível.

O que queremos mais do que tudo é seguir em frente e parar a dor AGORA.

Infelizmente, na maioria das vezes não é possível porque a dor e a depressão que a acompanha são geralmente a primeira parte do processo de cura. Felizmente, o luto é apenas o primeiro passo e há esperança para o seu futuro.

Então, abrace sua dor, sinta-a e libere-a. Cuide-se, faça coisas que o façam feliz, fique fora das mídias sociais e saia por aí.

Quando estiver pronto (mais cedo ou mais tarde, espero), você pode deixar essa frustração com o ex de lado e descobrir um novo amor – você mesmo.

Autor: Mitzi Bockmann

Fonte: thoughtcatalog.com

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Fãs da Psicanálise. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

1 COMENTÁRIO

  1. Muito top essas informações. Vou falar sobre um tema bastante preocupante e que tem se tornado cada vez mais comum entre a nossa polpulação brasileira e no mundo em geral, a DEPRESSÃO. Na minha opinião, os principais vilões da depressão hoje são as redes sociais, as mídias sociais. A tecnologia tem avançado cada vez mais e deixando um vazio enorme nas pessoas. Elas buscam se preencher de algo no qual as deixam ainda mais vazias. Não há mais diálogo e uma boa relação entre as pessoas, em casa na família é a mesma coisa, ninnguém mais pára pra bater aquele papo legal, todos vão para o telefone e passam a maior parte do dia nele. Acho que temos que nos educar perante isso, ou então estaremos caminhando para um abismo ainda maior, que só tende a crescer…essa é a minha opinião…Obrigado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here