Os irmãos são, muitas vezes, a melhor parte do nosso crescimento. Eles podem ser amigos para todas as horas, ombros para chorar e, ocasionalmente, alguém para quem você pode transferir a culpa.

No entanto, se você acha que no relacionamento com seus irmãos ou irmãs, vocês cresceram brigando mais do que se deram bem, com discussões constantes, abuso emocional ou uma rivalidade interminável de irmãos, você pode querer dar um passo para trás e se perguntar se vale a pena tentar consertar esse seu parente “tóxico” com quem você tem lidado desde a infância…

Estes são oito sinais que irão ajudar você a perceber se o que você passou (ou ainda passa) era apenas intriga entre irmãos ou algo além disso.

#1. Sinais de abuso

O abuso vem de muitas formas, desde apelidos desagradáveis, agressões físicas e, esperamos que não seja o seu caso, assédio sexual. Os abusos não estão fora dos limites da relação entre irmãos, pelo contrário, eles são bem comuns. Se você achar que seu irmão ou irmã cresceu constantemente diminuindo você com palavras desagradáveis, agressões físicas ou, até abuso sexual, é evidente que o relacionamento é tóxico… Se afaste, pois essa é a melhor opção nesse caso.

#2. Brigas constantes e insignificantes

Já que vamos falar de família e polêmica, as Kardashians brigam a ponto de puxar os cabelos umas das outras ao longo dos anos. Mas isso não significa que o relacionamento era tóxico, a menos que fosse constante e quando dizemos constante, nos referimos a todo momento que vocês estão juntos. Se você lutou diariamente, mesmo por algo tão simples e pequeno quanto o controle remoto da TV, isso é um sinal de toxicidade. Essa rivalidade entre irmãos pode ter efeitos sobre sua saúde mental a longo prazo.

#3. Você se sentiu constantemente controlado(a) ou manipulado(a)

Os irmãos mais velhos podem achar que tem um senso maior de controle, já que a maioria dos irmãos mais novos quer imitar os mais velhos. Você pode usar esse senso de controle para melhor, como incentivar seu irmão a tentar o mesmo esporte que você, ou você pode usá-lo para pior. Manipulação constante, como fazer com que um irmão se desculpe ou se sinta mal quando o problema não é culpa dele ou dela, é um erro grave e um sinal claro de que algo de errado está acontecendo no relacionamento de vocês.

#4. Sempre existiu falta de confiança

O “vínculo irmão” nunca esteve lá de fato. Você nunca sentiu segurança o suficiente para compartilhar segredos com seu irmão ou irmã sem que amigos ou outros familiares acabassem descobrindo, porque ele ou ela nunca foi capaz de mantê-los. Os irmãos enfrentam problemas na escola ou em suas vidas pessoais que podem ser difíceis de compartilhar com os pais e é por isso que eles acham que podem confiar em um irmão ou irmã. Se você não pode contar com seu irmão como um confidente porque eles sempre dão com a língua nos dentes, tenha certeza de que esse não é um relacionamento confiável.

#5. A bondade nunca foi recíproca

A maioria dos irmãos gosta de agradar os outros parentes e membros da família. Não precisa ser nada de outro mundo, basta que seu irmão ou irmã te busque na escola ou depois da sua aula de esporte ou ajudando sua irmã a tirar uma mancha do móvel antes que a mãe chegue e xingue… é fácil perceber quando a bondade mútua é constante em um relacionamento entre irmãos. Se você frequentemente achou tempo para ajudar seus irmãos a se salvarem quando as coisas deram errado e eles nunca retruibuíram esse gesto de nenhuma forma, é importante repensar o quanto eles valorizam o relacionamento.

#6. Os “favores” são a única razão para uma aproximação

Além da falta de vontade de passar um tempo juntos um do outro, se o único motivo em que algum tipo de contato é estabelecido hoje em dia é quando precisam de algum favor ou as finanças estão em jogo, isso mostra que o relacionamento não é o ideal. Seu irmão ou sua irmã sabem, assim como manipularam você no passado, que você estará sempre à disposição para ajudar quando for necessário. Se eles(as) apenas se aproximam de você porque estão com dificuldades financeiras por exemplo, pense duas vezes antes de entregar o dinheiro. Eles(as) provavelmente ainda não valorizam verdadeiramente seu relacionamento como irmãos.

#7. Você se estressou por causa do(a) seu(sua) irmão(ã) na escola ou no trabalho

É comum pensar sobre uma discussão ou uma briga no dia seguinte em que ela acontece. No entanto, se você constantemente levou esses pensamentos negativos com você sobre seu irmão ou irmã, afetando seu rendimento na escola ou o seu desempenho do trabalho, é bem provável que seja mais um caso de relação tóxica fraternal!

#8. As interações ainda são forçadas

Suas interações ainda parecem forçadas, mesmo que as discussões de infância com seu irmão ou sua irmã não mais aconteçam. Não estar disposto a ver a outra pessoa é um forte sinal de que há uma relação tóxica entre as partes. Se você só se deparou com eles em festas de família e não tem vontade de fazer planos com eles em qualquer outra época do ano, é provável que seu relacionamento nunca supere essa toxicidade.

(Fonte: paraoscuriosos)

Você sabia que o Fãs da Psicanálise também está no Instagram e no Facebook? Que tal fazer uma visitinha para nós por lá?

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here