Precisamos entender que existem dias que são ruins mesmo, mas vai passar. Você vai conseguir superar tudo isso. Vai dar certo!

Precisamos entender que existem dias que são ruins mesmo e que as coisas não vão bem, parar de pensar que a vida perfeita existe, afinal todo mundo enfrenta alguma batalha. Sejamos gentis com nós mesmos e paremos de nos cobrar tanto. A tempestade vai passar e logo o Sol voltará a brilhar novamente.

Temos a sensação de que a vida de todo mundo caminha perfeitamente, também temos a ideia de que o equilíbrio é uma vida perfeita em todas as esferas: profissional, afetiva, pessoal e por aí vai.

E então, nos dias ruins, parece que somos os únicos a passar por aquilo.

Temos a ideia (ilusória) de que o relacionamento de todo mundo é perfeito, na vida profissional, todo mundo é realizado e que a nossa ansiedade, nossas angústias, etc. são algo apenas nosso, no nível individual.

Mas não são. Tenho percebido que muita gente está em sofrimento, passando por dias ruins. Descontente com o trabalho, não realizada na profissão, com problemas no relacionamento. E ninguém fala sobre esses assuntos, ninguém os compartilha, seja por medo do que vão pensar, seja pela forma como os outros reagirão…

Vai passar!

Estamos vivendo numa sociedade cada vez mais doente e que produz adoecimento, por isso pare de se cobrar tanto, de se comparar com os outros, de achar que o dia ruim só existe para você, porque todos nós temos nossos dias péssimos, dos quais não vemos a hora de terminar.

Todo relacionamento tem os seus perrengues e, por mais que a gente estampe a vida perfeita por aí, no fundo, ninguém é feliz 24 horas por dia. Não se esqueça disso e entenda que sofrer faz parte de todo processo de amadurecimento. Crescer dói, amadurecer dói, mudar dói, mas permanecer no lugar também dói. Processos levam tempo e uma fase ruim não durará para sempre, pois logo a tempestade passa e você se fortalece com isso tudo.

Vai passar. Você vai conseguir superar tudo isso. Vai dar certo!

Você sabia que o Fãs da Psicanálise também está no Instagram e no Facebook? Que tal fazer uma visitinha para nós por lá?

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Thamilly Rozendo
Estudante de psicologia, 22, é aquela que escuta mil vezes a mesma música e tem a risada escandalosa. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito catupiry, mesmo sendo intolerante a lactose. Encontra paz na oração e vê amor nos pequenos detalhes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here