Passamos grande parte de nossas vidas tentando nos tornar quem achamos que as outras pessoas querem que sejamos. Derramamos nossa energia para ser a pessoa “perfeita” na esperança de que isso nos torne mais queridos e aceitos. Torna-se um ioiô constante de tentar entender exatamente quem deveríamos ser para encaixar no molde de ouro da sociedade – mais extrovertido? Mais reservado? Mais voltado para a carreira? Mais descontraído? Mais espontâneo? Mais compassivo? Mais assertivo?

É cansativo. Está drenando. E, ao tentar nos transformar nessa pessoa perfeita, estamos criando uma versão não autêntica de quem deveríamos ser. Cada um de nós tem um coração radiante que foi feito para se destacar de qualquer outra pessoa. Temos dons, personalidades e energias únicas que trazem uma especialidade a este mundo e realmente estamos prestando um desserviço a nós mesmos e aos outros, bloqueando o fluxo disso.

Se você gosta de ficar em casa sozinho nos fins de semana e lendo, tudo bem. Se você gosta de estar com todos os seus amigos e ir ao bar nos fins de semana, tudo bem. Se você prosperar em um grande grupo de pessoas e levar a conversa, tudo bem. Se você prosperar ouvindo mais do que conversando e simplesmente observando a conversa, tudo bem. Se você deseja subir até o topo da escada corporativa, tudo bem. Se você deseja ser mãe que fica em casa, tudo bem.

Porque você vê, meu amigo, você já é perfeita do jeito que é. Você já está cheio de uma luz magnética impressionante para a qual outras pessoas são atraídas naturalmente. E depende de você permitir que essa luz brilhe. É quando isso acontece que você realmente se sente visto e aceito por outras pessoas. É quando você aprende a se amar – toda parte estranha, maravilhosa, cheia de vergonha e bonita de você – que você dá aos outros a permissão para amar e abraçá-lo também.

Portanto, descarte a crença de que você precisa se voltar para a validação de quem você deve ser e, em vez disso, para se certificar de quem você já é.

(Autora: Tess Hayes)

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Fãs da Psicanálise. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here