“Abraço tem que ter pegada, jeito, curva. Aperto suave, que pode virar colo. Alento tenso, que pode virar despedida. Abraço é confissão.
Abraço não pode ser rápido senão é empurrão. Requer cruzamento dos braços e uma demora do rosto no linho. Abraço é para atravessar o nosso corpo.” Fabrício Carpinejar

Um único abraço e tudo o que parecia quebrado se une novamente. Parece magia e talvez seja, ao receber um abraço a sensação de conforto é tão grande que a parte insegura, que estava em pedacinhos, consegue encontrar a proteção que necessita para se refazer.

Talvez, o abraço seja o melhor de todos os medicamentos, para todos os males da vida, tão simples que nem precisa de receita médica. Nada no mundo supera a força dessa troca mágica de energias quando dois corações se encontram e se encaixam no mesmo compasso. Cazuza já dizia que uma das suas definições preferidas era: “abraço é o encontro de dois corações”.

Por isso dizemos que muitas vezes não é preciso nenhuma palavra, mas apenas um abraço. Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que mais queremos é tirar essa pessoa de nossos sonhos e abraçá-la. O abraço é uma carícia, um poema escrito na pele que nos reconforta e fortalece nossos vínculos afetivos, permitindo que nossos medos desapareçam.

Mas será que qualquer abraço dissolve conflitos emocionais?

Com certeza um abraço que parece ter o dom da cura, é especial. Quando abraçamos alguém mais do que tocar a pele, encontramos acalento e por isso o tanto de intimidade que temos com essa pessoa é fundamental, as afinidades fazem com que tenhamos maior proximidade emocional, tanto de valores, quanto sobre as fatalidades.

O abraço é a manifestação de que sentimos amor por uma pessoa, que a queremos perto, que a recebemos de braços abertos, que queremos bem e paz para ela. Perceba que quanto mais mal nos sentirmos, mais tristes, e quanto mais conflitos sobre nós mesmos e sobre o mundo tivermos, mais significativos são para nós os abraços e as demonstrações de interesse e carinho, vindas de quem tem nosso amor incondicional.

Por isso, abuse do abraço. Abrace árvores, cachorros, pessoas. Um abraço é uma ótima recomendação para dias frios, dias tristes, dias em que se comemora algo, noites calorosas, noites fúnebres, noites de paixão, noites para solidão acompanhada, tardes ensolaradas, dias cansativos… para completar a sessão abraços especiais, nós do Fãs da Psicanálise abraçamos você, sentiu o nosso abraço bem apertado?

Imagem: Allan Filipe Santos Dias

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here