Quando você tem ansiedade, não pode mascará-la. Você não pode fazer com que ela simplesmente vá embora, ou apenas rezar. A ansiedade torna-se uma parte tão grudada em você que parece que não há controle. E realmente pode ficar fora de controle. Mais ou menos como acontece no amor.

Quando você se apaixona e está com ansiedade, mesmo alguém lhe dizendo que ele a ama não parece suficiente. Para a maioria das pessoas, ouvir alguém dizer essas três palavras é reconfortante. É suposto ser reconfortante e calmante. Mas a ansiedade tem um jeito de tornar qualquer coisa assustadora. E a ansiedade tem um jeito de fazer o amor parecer impossível.

Apaixonar-se pode ser assustador para qualquer um, especialmente se apaixonar pela primeira vez. Mas quando você tem ansiedade, os medos podem crescer. O desconforto pode assumir totalmente seus pensamentos. E suas preocupações às vezes podem dominar o sentimento de amor.

Não importa o quão bom seu parceiro é para você. Não importa o quanto ele garanta que nunca a abandonará. Não importa quantas vezes ele a prenda durante a noite enquanto seu cérebro está sobrecarregado. Não importa o quanto ele lhe diga que te ama.

Quando você tem ansiedade, não pode simplesmente se desligar. Você não pode simplesmente desligar a cabeça para se concentrar no bem. Você não pode simplesmente se esconder de suas preocupações.

Então você se preocupa. Você se preocupa com o seu futuro. Sobre o seu futuro com seu parceiro. Você se preocupa se sua ansiedade está afastando-o. Você se preocupa se é demais para ele lidar. Você se preocupa com o amanhã, e no dia seguinte e no dia seguinte.

Não importa o quão bom você esteja e não seja feliz, a ansiedade poderá surgir a qualquer momento. Pode aparecer no meio da noite ou às 5 da manhã do dia seguinte. Pode aparecer durante um jantar perfeito ou no meio de um beijo de boa noite. Às vezes parece que está sempre lá. Zombando de você. Zombando de sua felicidade.

É maravilhoso se apaixonar. É lindo e incrivelmente mágico. Mas quando você tem ansiedade, é preciso algum trabalho para se ajustar. Dá trabalho até para ser feliz quando continua seguindo todos os seus movimentos.

Quando você está apaixonado pela ansiedade, encontra-se em constante preocupação. Você se preocupa se ele é o único para você. Se é destino ou ilusão. Você se preocupa se ele deixará você. Você se preocupa porque é algo que você sempre fez. Mas se é realmente amor e se essa pessoa é certa para você, ele não vai a lugar algum. E você precisa se lembrar disso.

Amar alguém quando você tem ansiedade é difícil. É uma jornada cheia de caminhos obscuros. Mas, se o amor é verdadeiro e real, a ansiedade não vai afugentar esse amor. A ansiedade não vai dominar o amor que foi criado com tanto cuidado por você e seu parceiro.

Não deixe a ansiedade vencer essa corrida. Deixe o amor entrar e deixe o amor vencer desta vez. A ansiedade é uma fera terrível, mas nunca será um adversário a altura frente a grandeza do amor verdadeiro.

(Fonte: thoughtcatalog.com)

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Fãs da Psicanálise. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here