Atualmente é bastante comum que as pessoas sintam-se ansiosas ou deprimidas por conta do que veem nas redes sociais.

Isso porque elas começam a comparar suas próprias vidas com a de outras pessoas, ou ainda medem sua autoestima de acordo com os elogios que recebem nas redes sociais.

Porém, essa não é uma atitude saudável. Apesar das redes sociais serem um bom meio para entretenimento, elas não devem ser o carro-chefe de nossas vidas, nem definirem quem somos.

Por isso, não deixe com que as redes sociais mexam com sua autoestima, nem definam quem você.

Há muitas coisas acontecendo fora das telas. E lembre-se quem nem tudo as pessoas mostram.

Não há vidas perfeitas

O primeiro ponto para você não deixar que as redes sociais mexam com sua autoestima é entender que não existem vidas perfeitas.

Muitas pessoas acabam deprimindo-se por acharem que as outras pessoas possuem uma vida melhor do que a sua, com mais luxos, mais viagens e momentos divertidos.

Porém, não há vidas perfeitas. Mesmo as pessoas que mostram uma vida assim nas redes sociais, também possuem problemas, assim como qualquer um.

Você não é pior nem melhor do que elas.

Se você ainda não chegou onde quer chegar, não compare-se com quem já chegou. Saiba que cada pessoa possui o seu tempo e você também conquistará tudo o que deseja.

Não se diminua por conta dessas comparações. Tente sempre buscar o seu melhor, mas nunca deixe de se amar ou se aceitar.

Também não procure demonstrar uma vida perfeita que não existe. Você não precisa fingir ser outra pessoa, e não precisa postar coisas para agradar ou impressionar seus seguidores. Seja quem você é.

Edite suas fotos e realce sua beleza (mas com cuidado)

Se você quer postar fotos mais bonitas, edite-as antes de colocá-las na internet, no entanto, essa edição não precisa ser excessiva.
Utilize bons filtros como se eles fossem uma maquiagem. Use-os, para realçar seus pontos fortes e sua beleza natural.

Fazer uma edição de imagem corretamente pode até mesmo realçar quem você é e o que você quer mostrar para o mundo. E você pode fazer isso usando programas online gratuitos, sem ter conhecimentos prévios.

Contudo, tenha cuidado para não acabar escondendo quem você e demonstrando uma pessoa que não tem nada a ver com você.

A edição pode ajudar no caso de alguma coisinha na foto que esteja te incomodando e é usada por muitas pessoas, mas deve ser feita com cautela para não mostrar nenhuma mentira.

As curtidas não são tão importantes assim

As curtidas estavam impactando tanto na vida das pessoas que o Instagram teve que retirar o número de curtidas dos posts. Agora, apenas quem posta as mídias nessa rede social é que pode ver quantas pessoas curtiram.

Essa medida foi tomada para que não haja mais competições por conta dos likes, e para que esse impacto fosse reduzido na vida das pessoas.

Contudo, não deixe que as redes sociais mexam na sua autoestima. As curtidas que você recebe em seu perfil não definem quem você é, não definem a sua beleza e não definem se você é uma boa pessoa.

Coloque na internet aquilo que você gosta e quer postar, mas sem ficar se preocupando excessivamente se isso vai gerar muitas curtidas ou não.

Dessa forma, as redes sociais não mexem com sua autoestima e você consegue aproveitar o que de bom elas oferecem.

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here