Digam não, digam não muitas vezes. As crianças precisam aprender que a vida não vai dar certo em tudo.

Que elas, provavelmente, não comprarão tudo o que quiserem.

Que haverá pessoas que não gostarão delas e não as amarão de volta.

Não romantizem o sofrimento, nem a violência.

O que faz mal e machuca não tem graça e não deve ser tolerado.

Ensinem que as pessoas só mudam por si próprias e que, quando a gente se coloca no lugar do outro, a gente consegue entender muita coisa e ser menos injusto.

Ensinem que procurar ajuda não é feio, que psicólogo não serve só “pra gente louca”.

E não esqueçam: ensinem as crianças a amar, sempre.

Falta amor neste mundo que adoece a cada dia…

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Prof. Marcel Camargo
Graduado em Letras e Mestre em "História, Filosofia e Educação" pela Unicamp/SP, atua como Supervisor de Ensino e como Professor Universitário e de Educação Básica. É apaixonado por leituras, filmes, músicas, chocolate e pela família. É colunista do site Fãs da Psicanálise.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here