Quando estou em um relacionamento, não sei lidar com a minha ansiedade e, por esse motivo, não entendo como a outra pessoa me vê por eu me sentir desse jeito.

Tudo o que sei é que não vou mais me desculpar pela minha ansiedade.

Eu tive uma quantidade enorme de ataques de pânico, mas especialmente quando se trata de relacionamentos, tenho uma série deles. Se estou namorando alguém, de repente, sinto um sentimento inexplicável, inevitável, muito aleatório e muito ruim.

Eu fiz ou disse algo errado?

Ele está escondendo alguma coisa?

Normalmente, eu estou certo sobre o pressentimento e outras vezes estou apenas ansioso.

Quando os caras dizem algo para mim, eu penso demais se teremos um próximo encontro. Quando estamos num encontro, fico nervosa que talvez eles estejam apenas passando um tempo comigo porque sentem pena de mim ou porque só querem dar uma saída e passar para a próxima pessoa.

Na maioria das vezes, um cara que estou saindo postará algo nas mídias sociais – talvez uma foto dele com outra garota – e eu sentirei minha garganta apertar, meu estômago revirar e um mau pressentimento que me consumir da cabeça aos pés .

É terrível a frequência com que sou maltratada nos relacionamentos, mas o pior é que ainda culpava a minha ansiedade por isso.

Recentemente, me envolvi com um cara que parecia perfeito demais. Nós não estávamos em um relacionamento, mas éramos exclusivos, estávamos juntos e estávamos fazendo coisas de relacionamento. Então, quando ele postou uma foto dele e de outra garota (ela estava sentada no colo dele e ele estava com a mão na coxa dela …), fiquei arrasada.

Quando o confrontei sobre essa foto, senti a necessidade de me desculpar por ter trazido esse sentimento à tona. Na minha cabeça, pensei que parecia louco e que ele me deixaria por causa disso.

Pedi desculpas por me sentir ansioso, mas depois disso, fiquei com raiva. Realmente? Por que estaria lamentando?

Então eu disse a ele: “Você sabe o que? Não sinto muito por isso. Você postou esta foto quase como se não achasse que eu a veria, mas eu vi, e isso me machucou. Isso me fez sentir algo estranho, ansiosa e triste. Esses sentimentos são horríveis e me fazem mal.

Fiquei triste por alguns dias, entretanto me vi superando mais rápido do que esperava. Parcialmente porque a mágoa era algo a que eu estava acostumada a lidar e parcialmente porque sabia que merecia uma pessoa melhor que me respeitasse e entendesse a minha ansiedade.

Eu sei que a ansiedade será algo com o qual vou ter que viver pelo resto da minha vida e tudo bem. Sei que os relacionamentos que tenho com as pessoas continuarão difíceis por causa da minha ansiedade, mas, para que funcione, ele precisa ser comunicativo, tranquilizador, respeitoso e compreensivo.

Todos os dias me lembro que minha ansiedade é muito séria e muito real. Minha saúde mental não é algo pelo que tenho que me desculpar.

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Fãs da Psicanálise. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

(Fonte: thoughtcatalog.com)

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here