O avanço da ciência e da tecnologia permitem ter indicadores claros sobre o comportamento humano em várias atividades do dia-a-dia. O mundo das apostas esportivas é um dos campos que estão sendo estudados, com os investigadores a conseguirem traçar perfis e desvendar padrões de comportamento. Ao mesmo tempo, através da investigação, tem sido possível descobrir alguns segredos, uns mais peculiares do que outros, relacionados com os apostadores. Aqui ficam quatro desses segredos.

1. Melhores decisões com… fome

É uma conclusão de algum modo surpreendente, uma vez que normalmente, o desenvolvimento de atividades que exijam esforço mental e/ou físico, não é aconselhável sem uma alimentação adequada ou uma situação de bem-estar dentro dos parâmetros normais. Porém, os estudos defendem que os apostadores tomam melhores decisões quando… sentem fome, uma vez que existe uma maior dependência da emoção. Aliás, os mesmos estudos indicam ainda que o sentimento de satisfação e recompensa, quando as apostas são bem-sucedidas, é igualmente superior se o apostador estiver nessa condição.

2. A influência das estações do ano

Também o clima tem forte impacto nos comportamentos dos apostadores. Quanto mais frio é o tempo… menores são os riscos tomados pelos apostadores. De acordo com alguns estudos, existe uma evidente influência das estações do ano. O frio faz com que a tomada de decisão seja de algum modo mais ponderada e resulte eventualmente numa redução significativa de opções arriscadas. A chegada de estações mais quentes, sobretudo o Verão, faz com que o apostador esteja mais disposto a correr riscos, o que tem forçosamente a ver com seu estado de espírito, por norma mais expansivo nesses períodos do ano.

3. Felicidade leva a decisões de risco

É de senso comum que em momentos de tristeza ou depressão não é de todo aconselhável tomar decisões importantes, uma vez que as capacidades de julgamento do indivíduo estão alteradas e/ou comprometidas. Mas isso também se aplica aos momentos de felicidade ou êxtase. Os estudos mostram que nesses momentos é igualmente perigoso apostar, uma vez que, ao contrário do que se pode esperar, existe uma facilidade para tomar decisões de risco e menos calculadas. E quem aposta precisa de estar devidamente equilibrado mentalmente.

4. Aumentar aposta contra tendência

Outro comportamento identificado pelos estudos no campo das apostas esportivas aponta para um comportamento preocupante. Segundo os investigadores, existe uma tendência por parte de alguns apostadores, para aumentar o valor de uma aposta durante um evento, se esta não estiver a corresponder ao prognóstico inicial. Por exemplo, um apostador colocou determinada quantia na vitória de uma equipe, que perde ao intervalo. Há então apostadores que, sem qualquer informação adicional, aumentam o valor da sua aposta só por terem o desejo inconsciente de que o resultado se torne aquele que pretendem. Esse comportamento se define como falácia do custo irrecuperável.

Conclusão

Estes são apenas quatro segredos da análise psicológica do perfil dos apostadores. Apostar é uma atividade que implica um equilíbrio social e mental importante, e por isso, os comportamentos dos apostadores são cada vez mais estudados. Ainda assim, tomar decisões com o máximo de informação e num estado de equilíbrio será sempre o melhor conselho possível, pelo menos, segundo os profissionais das apostas esportivas sugerem. Por isso, por exemplo, evite apostar no dia que vai nascer seu bebê, aguardando pela grande novidade na sala de espera sem comer, ainda mais se esse for em um dia de sol maravilhoso… Antes, recorra a sites de previsões especializados, como o site Wincomparator.com que também tem na comparação de cotas uma das suas especificidades. É preferível uma boa análise e um prognóstico sólido, feito por especialistas, do que apostar em parâ

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here