Este teste psicológico é uma medida de rastreio para ajudar a determinar se você pode ter um transtorno de ansiedade que precisa de atenção profissional.

Esse é um teste razoavelmente preciso que vai ajudar você a determinar se você tem algum transtorno de ansiedade e precisa mudar seu estilo de vida, se precisa de terapia ou até de ajuda médica para controlar os sintomas.

Ansiedade é um problema que afeta 33% da população mundial, segundo a Organização Mundial da Saúde. O Brasil tem 9,3% da população com algum transtorno de ansiedade, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Será que você faz parte desse grupo? Faça o teste do Fãs da Psicanálise! O teste não é científico, mas pode indicar a necessidade de procurar um especialista.

Pense em como você se sentiu ao longo dos últimos dois meses. Escolha a alternativa que mostra quanto você está passando por este sintoma durante este período.

Este teste não se destina a fazer um diagnóstico de um transtorno de ansiedade ou tomar o lugar de um diagnóstico profissional.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

13 COMENTÁRIOS

  1. Temos que ter consciência de que a ansiedade é uma preocupação com algo que ainda não aconteceu, algo que vc tem muito medo que aconteça, a ansiedade é um estado caracterizado por medo, apreensão, mal-estar, desconforto, insegurança, estranheza do ambiente ou de si mesmo e, muito frequentemente, pela sensação de que algo desagradável está para acontece.
    1-Pratique atividades físicas
    A forma mais comum de controlar a ansiedade é a prática de exercícios.
    Praticar atividades físicas ajuda a lidar com estados de ansiedade porque eleva a produção de serotonina, substância que aumenta a sensação de prazer. Essa alternativa costuma funcionar dependendo da disposição da pessoa, uma vez que nem todo mundo gosta de praticar exercícios.
    2-Experimente controlar a respiração
    Para reduzir as reações do sistema nervoso autônomo, devemos fazer o controle da respiração. Isto pode ser feito compassando a respiração e inspirando lentamente pelo nariz, com a boca fechada. Ao inspirar deixar o abdome expandir-se, ou seja, estufar a barriga e não o peito. Depois, expirar lentamente, expelindo o ar pela boca. Isto pode ser feito em qualquer lugar, a qualquer hora. Além disso, quando você estiver em um ambiente silencioso e com possibilidade de ficar deitado, use uma técnica de relaxamento. O relaxamento combinado com a respiração diafragmática, certamente, reduzirá a respiração ofegante, a taquicardia e o tremor.
    3-Evite pensamentos negativos
    Em situações de ansiedade que se estendem por longos períodos, recomenda-se que a pessoa evite os pensamentos negativos ou catastróficos. Deve-se tentar dimensionar a gravidade da situação, questionando a si mesmo se existe uma forma alternativa de análise, se estamos superestimando o grau de responsabilidade que temos nos fatos ou se estamos subestimando o grau de controle que podemos ter.
    4-Dedique tempo para se cuidar
    Reservar algum tempo do dia para você e ser capaz de ouvir suas reais necessidades pode contribuir diretamente para o controle da ansiedade. Saber olhar para si, atender e contribuir para sua meta de vida é uma ação de grande poder para sua vida. Seja capaz de dedicar um pouco de tempo e energia a você mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here