No séc XX, o termo “complexo” começou a difundir-se, oriundo da psicanálise. Este termo, atualmente é utilizado em nosso vocabulário cotidiano. “Você tem complexo de inferioridade”, “Fulano só pode ter complexo de superioridade”. Mas o que realmente é um complexo?

A contribuição de Freud, ao vislumbrar o Complexo de Édipo por exemplo, foi de extrema importância para que percebamos o quanto nossas relações afetivas primárias podem pré-moldar concepções de quem somos, apesar de não sermos somente isso.

Entender o que se passa com nossos sentimentos é o segredo para encontrar o bem-estar interior. Muitas vezes, temos a sensação de que não somos competentes o suficiente para algo, ou ainda, para alguém. E mais do que isso, situações rotineiras acabam nos levando a beira do abismo. Entender que sentir-se inferior é um complexo pode te ajudar a reverter a situação e ser mais feliz.

Agora que temos como avaliar tal situação, cabe a nós mesmos reverte-la para encontrarmos a felicidade pessoal. A melhor forma é procurar ajuda especializada, como um psicanalista por exemplo.

Depois de entender melhor o que COMPLEXO, que tal fazer este teste e descobrir qual é o seu? Vamos lá?

*As nossas postagens são produzidas com o intuito de informar e não substituem a opinião de um profissional de saúde, um diagnóstico médico ou os tratamentos já prescritos.

Quer fazer parte de um grupo só de testes? Clique aqui!

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


4 COMENTÁRIOS

  1. Acontece que esse teste nada tem de freudiano. Apesar desses testes serem superficiais, são divertidos. Porém a teoria de Jung que ampliou o conceito de complexo e não Freud.
    Abc

  2. O complexo de Édipo vem da antiga Grécia. Não foi Floyd que criou, vem bem antes de Sócrates o maior sábio de todos os tempos. Conheça a ti mesmo, Só sei que nada sei. Jesus Cristo nosso mestre a Verdade nós Libertará.

  3. Realmente esse teste não tem nada de psicanalítico.
    Não sou filhinha do papai nem um pouco. Já existe uma irmã filhinha do papai na minha família. Kkkkkk
    Eu não ligo para essas preferências. Sou muito desencanada disso.
    E outra muito importante… Um homem pra mim, tem que ser beeeeem diferente do meu pai.
    (Obs.: Sou pós-graduada em Psicanálise. Têm pessoas que já evoluíram sobre alguns complexos).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here