Em todos nós existe uma Criança Interior, o verdadeiro Eu, a nossa essência natural que guarda memórias do que fomos e sentimos em nossa infância. Desde os grandes acontecimentos até pequenos eventos do dia-a-dia dos quais nem mais nos lembramos, permanecem presentes em nossa mente sob a forma de emoções.

O conceito de “criança interior” é um termo usado pela psicologia para definir essa parte íntima, ligada as crenças e aos afetos que foram implantados na infância. Em maior ou menor grau, essa criança que fomos, ainda carrega em nós seus anseios e carências. A necessidade de amor cuja falta nos vem da infância é responsável por muitas tendências autodestrutivas e insatisfações nas relações pessoais. Essa criança precisa ser cuidada para o equilíbrio da nossa vida emocional.

Crescemos e eventualmente esquecemos ou tentamos esquecer a criança que fomos um dia. Pensamos que agora adultos, já sabemos o que queremos para ser feliz. Podemos até acreditar que somos livres para governar nossa vida, no entanto, dentro de nós podem haver questões muito profundas para serem resolvidas. E mesmo que queiramos fingir que tudo está sob controle, essas emoções sempre estarão guardadas em nós.

Se você não conhece a sua criança interior, aproveite para conhecê-la agora! Faça o teste e depois nos conte o que achou nos comentários.

*As nossas postagens são produzidas com o intuito de informar e não substituem a opinião de um profissional de saúde, um diagnóstico médico ou os tratamentos já prescritos.

Quer fazer parte de um grupo só de testes? Clique aqui!

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

4 COMENTÁRIOS

  1. Que triste, mais a realidade é essa mesma,muitos problemas a serem resolvidos até da vontade de viver como uma idosa mesmo .Marido,filhos ,cada, trabalho quem tem tempo para ser criança?

  2. Nada a ver o resultado!! 90 anos??? Tenho 23 anos e meu passatempo é implicar com meus irmãos mais novos, brincar com eles e etc. Acho que ainda sou muito infantil, queria mesmo que o resultado fosse verdade, mas não posso mentir pra mim mesma rsrs

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here