Close-up of a young businessman with his hands in front of his mouth

Uma pessoa ansiosa, precisa vencer um grande obstáculo, que é aprender lidar com pensamentos que se transformam em preocupações constantes. Muitas vezes estes pensamentos tem justificativa, como por exemplo “Será que apaguei o forno?” ou “Será que tranquei a porta do carro?”, mas em pouco tempo transformam-se em pensamentos infundados como “Será que o meu chefe me odeia?” ou “Será que eu disse algo de errado?”, etc.

1- Receio que algo lhe aconteça

O ansioso convive com o eterno medo de coisas ruins acontecer. É claro, ter medo é normal do ser humano, porém no caso de uma pessoa que sofre com ansiedade, esse é medo é infinitamente maior e mais limitador.

Estamos à mercê do acaso, estamos presos a ele, e não há nada que possamos fazer sobre isso.

As pessoas ansiosas, também costumam supervalorizar as consequências dos seus atos. Se um ansioso discute com alguém, as chances de ele levar a situação com mais seriedade e preocupar-se muito é alta. Uma briguinha de casal, por exemplo, pode fazer uma pessoa ansiosa acreditar que precisa ir embora de casa.

2- Dizer algo que possa ofender alguém

Esse tópico, complementa o número 1, de certa forma. O ansioso teme ofender alguém, porque coloca muita pressão nas situações. Se sente que falou algo errado, sairá perguntando-se o que a pessoa ficou pensando, se irão voltar a conversar…

O problema é que uma pessoa ansiosa pode falar o que não quer por causa da ansiedade, e depois perceber que falou algo que não devia e sofrer sintomas da ansiedade ainda maiores por acreditar que a pessoa ficou chateada.

3- A preocupação de chegar pontualmente

A pessoa ansiosa tende a se arrumar horas antes, pois chegar atrasado é o inferno.

Ela procura se organizar o mais rápido possível para poder conferir se está tudo certo.

4- O temor de esquecer de fazer algo importante

Em um dia “bom” uma pessoa ansiosa sairá da sua casa sem ter que verificar as chaves de casa três vezes ou assegurar-se que a luz da cozinha ficou apagada. Nos dias bons até consegue controlar este seus pensamentos, mas nos dias maus não deixará de pensar no que aconteceria se deixasse a porta aberta ou a luz acesa.

5- A preocupação com o futuro

O ansioso, muitas vezes, vive mais tempo preocupado com o futuro do que vivendo seu presente. Vive em constante medo que o futuro não seja bom, que coisas ruins aconteçam.

Mesmo que o futuro se trate só do dia de amanhã, se o ansioso tiver algum medo, ele irá pensar e repensar o que pode acontecer.

6- Você está chateado comigo?

E aqui retorna, mais uma vez, a preocupação em ofender uma outra pessoa.

O ansioso tende a perguntar frequentemente a quem está próximo dele, coisas como:

– Por que demorou tanto tempo para responder à minha mensagem?
– Está com raiva de mim?

7- Cometer um erro que possa mudar a visão das pessoas sobre quem você é

Boa parte dos ansiosos, preocupam-se exageradamente com o que os outros pensam. Se suspeitarem que alguém viu uma atitude ou uma fala deles que não condiz inteiramente com quem são, passam dias vivendo de incerteza e insegurança.

8- Acreditar ser o menos inteligente diante de um grupo de pessoas

– Não vou perguntar isso, provavelmente é bobagem.

Quando pressionados por algum motivo, a pessoa ansiosa tende a surtar mais que as outras. Em um ambiente onde todas pessoas parecem saber muito, eles tendem a começar a questionar até mesmo aquilo que sabem devido ao nível de ansiedade.

9- Ficar preso em transportes públicos

Quando o ônibus ou o metro para durante a viagem e os passageiros não têm qualquer informação acerca do motivo, um ansioso ficará aterrorizado, e logo vai querer sair para procurar um táxi, apesar de saber que irá pagar muito mais e que a viagem poderá demorar o mesmo tempo.

10- Sentir ansiedade por estar ansioso

Ok, como isso é possível?

A maior ansiedade, geralmente, é acerca de ter um transtorno de ansiedade. A pessoa sabe que não tem razão nenhuma para estar preocupada e que na sua vida tudo corre bem, mas mesmo assim vive em alerta constante e é precisamente isso que faz com que o ciclo recomece novamente.

(Fonte: http://www.equilibrioemvida.com/2015/11/ansioso/#ixzz43BkkNQRF)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



16 COMENTÁRIOS

  1. De fato, é um grande peso! Difícil um ansioso crônico conseguir, embora ele mesmo já deva saber que precisa, mandar todo o resto da humanidade ir tomar na cuia e ficar tranquilo. Creio que uma coisa que é decepcionante, pelo menos para mim, que tenho vários desses sintomas, é quando as outras pessoas “furam” comigo em situações que eu desmoronaria por dentro no lugar delas e ficam “na boa” como se nada tivesse acontecido.

    • Terapia cognitiva comportamental é o indicado por psicólogos, porém pra mim não deu muito certo, o que deu certo foi procura hobbies como dança, academia, natação, musica. E procure também ler livros mas não no sentido de estudar, no sentido de lazer mesmo, procure algo que vc goste de ler pode ser qualquer coisa, até mesmo histórias picantes.

      • Allan eu também me identifico muito com esse texto, mas também procure fazer o que você diss, ler, dançar, caminhar, reunir com amigos bacanas, enfim, cuidar mais de mim, isso me ajuda bastante.

  2. Tirando o 3,8 e 9, o resto não há como negar, infelizmente eu tenho esses defeitos mesmo.
    Eu só não chego na hora por conta do que diz no outro número, nunca saio de caso sem antes me preparar bem pra qualquer situação rs.

DEIXE UMA RESPOSTA