Estar consciente de suas emoções é crucial não apenas para o seu bem-estar mental, mas também para a sua saúde física. Alguns estudos mostram que o estresse pode afetar bastante o corpo e a raiva não gerenciada coloca uma pressão excessiva em seu coração e na sua pressão arterial.

É aí que entra em jogo a segurança emocional.

A segurança emocional pode ser melhor descrita como “a capacidade de identificar, rotular e expressar o que você sente”, de acordo com Kendra Campbell, professora assistente de psicologia da Universidade do Alasca, em Fairbanks. Em outras palavras, você sabe como lidar com as suas emoções de uma forma saudável.

Abaixo estão alguns sinais de que você sabe lidar muito bem com os seus sentimentos.

1. Você aceita bem o negativo
A vida é uma sucessão de altos e baixos. Ao reconhecer que sempre haverá situações negativas ou desafios e estar aberto a eles você se prepara para ter um relacionamento saudável com esses tipos de emoções.

“As emoções são experiências naturais e universais – todos nós as vivenciamos”, disse Campbell. “Ninguém está imune a isso, nem mesmo às emoções negativas.”

Leia mais: 14 maneiras como pessoas positivas afastam as energias negativas

2. Você enxerga as coisas como um todo
Esta técnica de encarar as coisas à distância pode melhorar muito o humor de uma pessoa. Em vez de ficar revivendo uma experiência dolorosa, para processar as emoções existentes nelas (ficar pensando naquele rompimento), pode ser melhor você olhar para esse evento negativo como se estivesse observando-o de longe. Os pesquisadores da Universidade de Michigan descobriram que aqueles que olham para uma situação pela “perspectiva de um observador”, por assim dizer, pode experimentar um menor risco de sintomas depressivos.

3. Você é empático
Se você está disposto a experimentar uma variedade enorme de emoções, é bem provável que você esteja mais propenso a se relacionar com outras pessoas e com suas experiências. Este nível de empatia só acontece quando você está emocionalmente maduro, de acordo com Michelle Carlstrom, diretora sênior do setor de Trabalho, Vida e Envolvimento e conselheira certificada para aliviar a dor da perda, na Universidade Johns Hopkins.

Por exemplo, quando você é uma pessoa sensível você é capaz de reconhecer quando alguém no trabalho está passando por uma situação que pode atrapalhar o seu desempenho, por você já ter passado por isso. “As emoções não são uma fraqueza”, disse Carlstrom. “Pra ninguém.”

Leia mais: O poder da empatia para se conectar com a dor do outro

4. Você não tem medo de chorar pra valer
Tragam os lenços. Aceitar de braços abertos as suas emoções significa aceitar todas elas – inclusive aqueles sentimentos que causam lágrimas. O choro é uma resposta corporal a qualquer tipo de gatilho externo – bom ou ruim – e segurar isso poderia influenciar negativamente a sua saúde mental e física.

“Uma pessoa emocionalmente imatura apenas aguenta de cabeça baixa e deixa pra lá, pois acredita que é uma pessoa ?forte?”, disse Carlstrom. “Ela não assimila as coisas”.

5. Você pratica a autocompaixão
Não existe espaço para a autocrítica aqui. Se você está em contato com os seus sentimentos, você sabe como pensamentos negativos podem ser prejudiciais.

“Uma pessoa emocionalmente estável sabe como gerenciar o diálogo interno”, disse Carlstrom. “Essa voz pode ser uma distração negativa que pode nos deter. Você é capaz de gerenciar essas emoções de uma forma que não vai lhe fazer mal”.

6. Você sabe como “quebrar” uma discussão
Existem dois tipos de pessoas: os que se mantêm firmes em uma discussão até a outra pessoa ceder e os que têm confiança na sua própria opinião, independentemente do que os outros pensem. Escolher o “olho por olho” – ou tomar um segundo posicionamento em uma discussão diz muito sobre o grau de segurança emocional de uma pessoa, de acordo com Carlstrom.

Em outras palavras, você prefere ter razão ou ser feliz? Aqueles que estão em contato com suas emoções normalmente escolhem o último, diz Carlstrom.

7. Você comunica as suas emoções para os outros
Uma boa parte da segurança emocional é validar os seus próprios sentimentos, expressando-os às outras pessoas, explica Campbell. Isso significa que você se garante no seu trabalho ou se permite ficar vulnerável na frente do seu amado.

“Todas as emoções que vivenciamos são pedaços de informações, por isso é importante não sufocar ou fingir que não as tem e comunicar essas emoções” ela disse”. Reconhecer o que você sente é importante porque se você não for capaz de fazer isso essas emoções vão ressurgir, de uma forma ou de outra.”

8. Você é honesto com você mesmo sobre o que sente
Irritado? Decepcionado? Culpado? Você não tenta tirar isso de sua mente. “Parte da expressão emocional é a capacidade de estar em sintonia com o que está acontecendo dentro de si mesmo”, disse Campbell.

Esconder o que sentimos pode levar a consequências não intencionais, de acordo com o psicoterapeuta Barton Goldsmith. “Quando escolhemos enterrar nossos sentimentos, agimos de forma diferente”, escreveu ele no blog do ??Psychology Today. “Nós podemos não estar disponíveis aos outros e nos fechar, ou simplesmente, não estar totalmente engajados quando passamos um tempo com outras pessoas. Quando você expressa o que sente realmente (de forma adequada), os problemas se resolvem, as questões em um relacionamento ficam resolvidas e a vida fica mais fácil”.

9. Você pede desculpas
Todos nós erramos em algum momento. A chave é reconhecer quando admitir isso.
“A capacidade de concordar ou compreender quando nós cometemos um erro ou fracassamos – a capacidade de corrigir o curso – é importante para criar segurança emocional”, disse Carlstrom. Quanto mais você faz as pazes com seus erros, mais você segue em frente.

10. Você sabe quando buscar ajuda
Os especialistas destacam que cuidar do seu bem-estar mental é importante para a saúde como um todo.

“Falar sobre seus problemas e questões em voz alta pode ser muito útil. Fazer isso lhe dará alguma perspectiva”, disse Gregory Dalack, presidente do departamento de psiquiatria da Universidade de Michigan. “Falar com alguém treinado para entender a ansiedade e a depressão pode ser mais útil ao gerenciar esses sintomas, reformular os pensamentos negativos que tendemos a ter e nos colocarmos em um lugar [mental] onde possamos lidar com essas dificuldades.”

As pessoas que estão em contato com seus sentimentos também reconhecem quando estes se tornam estressantes demais e buscam o tratamento adequado para ajudar a gerir essas emoções. A recompensa? Coração, mente e corpo felizes – e não há melhor segurança do que isso.

(Tradução: Simone Palma)

(Fonte: super.abril.com.br)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA