É poderoso colocar as suas necessidades em primeiro lugar.

Apesar de ser uma pequena palavra, o “não” certamente, pode ter um grande impacto. Embora a criadora de Scandal Shonda Rhimes tenha ido atrás de um ano de “sim”, em 2015, a sua colega, a feroz dama Lena Dunham, prometeu dizer “não” em 2016.

Os dois conceitos podem parecer simples, mas eles são importantes posturas que nós às vezes esquecemos de afirmar.

Em um blog que fala sobre a sua nova resolução, Dunham detalhou como a sua vida começou a melhorar quando ela se recuperou de “coquetel de dúvida pessoal misturado com a necessidade de aprovação constante” e começou a usar a palavrinha de apenas três letras:

“Foi um processo lento, mas um educado ‘não’ logo entrou no meu vernáculo… e algo milagroso aconteceu: minha vida pessoal seguiu o exemplo. …as pessoas respondem bem à honestidade, à realidade. Elas entendem. E, por isso, com esses nãos, o SIM surgiu de volta por todas partes. Engraçado como isso funciona.”

Pode ser que valha a pena usar uma página da cartilha de Dunham. É poderoso colocar as suas necessidades em primeiro lugar. Veja abaixo 6 ocasiões onde é totalmente aceitável dizer “não”:

1. Quando você está cansado.

Dormir certamente não é para os fracos. Se você está se sentindo acabado, não se sinta obrigado a se comprometer com algo. Os estudos demostram que a falta de sono não é brincadeira: pode afetar seu sistema imune e seu humor e aumentar os riscos de doenças. Não vale a pena.

2. Quando você se sente desconfortável.

Você foi convidado a uma festa de aniversário de um amigo e seu ex vai estar lá? Se o pensamento de ir no evento vira seu estômago, reconsidere. As situações tóxicas raramente valem a pena.

Existem horas em que sair de sua zona de conforto é uma excelente ideia, mas quando você sentir que tem algo errado, preste atenção. As pesquisas mostram que os avisos de alerta internos são um fenômeno real. Às vezes é melhor apenas ouvi-los.

3. Quando você não consegue administrar o compromisso com o tempo.

As pessoas frequentemente usam o “ocupado” como medalha de honra, especialmente no ambiente de trabalho. No entanto, essa mentalidade pode levar a sofrer com a síndrome de burnout e riscos sérios de saúde como o estresse crônico.

“Mesmo que o sucesso profissional seja a coisa mais importante na sua vida, ficar sem dormir, não carregar suas energias, nunca se desconectar nem permitir qualquer momento para uma calma reflexão e para aqueles que ama não são uma estratégia de carreira sustentável”, escreveu a editora-chefe e presidente do HuffPost Arianna Huffington em seu blog sobre o burnout.

“Não só a quantidade de trabalho e qualidade são coisas diferentes, uma hora – muito mais cedo do que você pensa –eles se tornam inversamente relacionadas”.
Se você se vê cheio de compromisso e sobrecarregado, pode ser a hora de usar o “não.”

4. Quando você não está interessado.

A vida é muito curta para gastar sua energia em circunstâncias que não engajam seu coração ou sua mente. Você deve constantemente ir atrás de atividades e situações que te ajudam a crescer ao invés de preencher a sua agenda com coisas mundanas.

Esta ideia vai bem particularmente com sua vida profissional: as pesquisas mostram que o trabalho significativo deixa os empregados mais felizes. Você precisa de algo que faça seu interesse brilhar. Vá atrás dessas oportunidades como puder.

5. Quando você diz “sim” apenas para agradar alguém.

Colocar as suas necessidades constantemente em segundo plano é dificilmente saudável. De acordo com um estudo de 2012, quem gosta de dar prazer tende a ceder, sem saber, às pressões sociais implícitas. Em outras palavras eles frequentemente dizem “sim” sem processar o que eles querem primeiro.

Lembre-se que você é seu advogado mais importante. Cuidar de si mesmo não é sempre um ato egoísta.

6. O que quer que seja que você queira.

No final das contas, é sua vida. Faça as escolhas que forem necessárias para o seu bem e seu bem-estar. Se isso significa rejeitar, então diga com convicção. Pois ao dizer “não” às situações que você não quer na sua vida, você estará dizendo “sim” a você mesmo – e isso é algo lindo.

(Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.)

(Fonte: brasilpost.com.br)

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA