Se você é um empregador, que quer saber se pode confiar em um funcionário com uma tarefa ou alguém que simplesmente quer confiar em um amigo, você vai querer saber o quão confiável eles são.

1. Observe o comportamento.

Veja como eles agem. Como eles tratam os outros? Ele não tem consideração com as pessoas e/ou é rude? Eles são rápidos em participar de fofocas? Eles são rápidos em julgar as pessoas? Eles continuamente se preocupam com o que outras pessoas estão fazendo?

Há uma diferença entre alguém que quer ser útil e alguém que está apenas sendo intrometido e quer ter algo sobre o que . No entanto, isso não é suficiente para determinar se alguém é digno de confiança.

Alguém que parece estar envolvido em um monte de drama é alguém com quem você precisa ser cuidadoso – há uma razão pela qual estas pessoas não ficam perto de muitas outras.

2. Ouça-os, a comunicação é importante.

Quando falam com você, eles redirecionam sua conversa em relação a outras pessoas – e se o fazem, estão dizendo coisas negativas sobre elas?

Se esta pessoa está dizendo coisas sobre a vida privada de outras pessoas por uma questão de tornar uma conversa “interessante”, você deve levar isso em consideração ao determinar sua confiabilidade.

Leia mais: O fofoqueiro é invejoso?

Não importa se eles dão nomes ou não; alguém que fala sobre o negócio dos outros (com intenções estranhas) que depositaram sua confiança nele, devem inspirar cautela, e você deve se questionar acerca de poder ou não confiar nele.

Se eles se sentem confortáveis conversando com você sobre sua vida pessoal (por exemplo coisas que estão incomodando eles, pedir orientação/aconselhamento etc.), pode ser um sinal de que confiam um pouco em você. Talvez você deva arriscar e confiar neles também.

3. Confiabilidade, eles são capazes de cumprir promessas?

Todo mundo desaponta alguém de vez em quando, mas se alguém está continuamente deixando você (ou alguém) desapontado, muitas vezes com poucas ou nenhuma desculpa, então este alguém não é muito confiável.

Leia mais: 10 dicas para cumprir metas usando uma lista de tarefas diárias

Parte de ter confiança em alguém deriva de ser capaz de ter fé na pessoa, independente de qual seja a situação.

4. Honestidade.

Quem mente constantemente, provavelmente faz isso a fim de se salvar.

Mais uma vez, as intenções são outra coisa a considerar, mas quem mente constantemente sobre si mesmo deve ter algo a esconder..

Leia mais: O autoengano: as mentiras que nos sustentam

Se eles podem mentir sobre sua própria vida, então imagine sobre o que mais eles estão dispostos a fazê-lo.

Alguém que tem que mentir para sair de uma situação negativa não é confiável, como alguém que maliciosamente espalha mentiras sobre as outras pessoas é rancoroso.

5. Personalidade.

Outra coisa a considerar é se eles são ou não egocêntricos.

Pessoas egoístas só se preocupam com elas mesmas e são mais propensos a desapontar você do que qualquer outro tipo de pessoa.

Leia mais: Egoísmo do bem

Algumas pessoas farão exceções para as poucas pessoas com quem se importam, mas se estes são constantemente a prioridade para si mesmos, tem o potencial de traí-lo quando surgir a oportunidade.

Dicas

– Dê uma chance às pessoas. Você nunca saberá se não descobrir por si mesmo. Comece contando coisas pequenas, e se essas coisas se espalharem, você sabe que não pode confiar nesta pessoa.

– Não classifique alguém como “não confiável”, só porque te desapontou uma ou duas vezes antes. Aprenda a não se agarrar ao passado, porque ele pode prejudicar a sua capacidade de confiar nas pessoas no futuro (ver ‘Avisos’).

Leia mais: Quero voltar a confiar!

Avisos

Às vezes você só precisa dar uma chance às pessoas (nem todos tem a intenção de ser maus) porque se você não puder confiar em ninguém, pode acabar se sentindo muito sozinho, e isso também pode levar a todos os tipos de problemas, tais como ansiedade, paranoia e/ou depressão.

Começa a cercar-se de pessoas positivas, conhecendo alguém novo.

(Fonte: pt.wikihow.com )

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA