Já ouvi muitos conceitos de Felicidade – “é um estado de espírito”, “é viver em harmonia”, “é um caminho”, etc. . Cada pessoa pode defini-la segundo seu momento de vida, sua expectativa e sua busca.

Quero trazer um conceito conclusivo do psicólogo americano Martin Seligman, que muito me chamou a atenção e que merece destaque em nosso pensar. Somos seres mutáveis e que, graças a Deus, podemos a cada dia acordar e sermos pessoas diferentes.

Diferentes sim, mas para melhor, pois se não permitirmos que isso aconteça cairemos no tédio e na depressão causada pelos conflitos não ou mal resolvidos. Seligman nos traz que a Felicidade é na verdade soma de três coisas diferentes – Prazer: Engajamento e Significado. Mas como assim ? Comecemos pelo Prazer.

Prazer  –  Aquilo que todos buscamos, aquela sensação gostosa que temos, quando algo reflete dentro de nós e faz nossa pele, nossos olhos brilharem com tanta intensidade que nos tornamos luz. Permita-me ser simples, observar um pôr-do-sol, ver a lua, as estrelas, comer um bom chocolate, fotografar, registrar os momentos bons da sua vida e trazê-los à tona nas horas difíceis. Conviver com pessoas, trocar experiências além de gratificante é contagioso.

Leia mais: Viver é muito mais do que simplesmente existir

Engajamento  –  É a intensidade do envolvimento entre a pessoa e sua vida. Uma pessoa engajada está participando intensamente, vivendo intensamente aquilo que se propõe a fazer, eu diria ate mais, está apaixonada !!! A paixão move, intensifica o viver e o realizar. Envolva-se com aquilo que você faz, tenha atividades desafiadoras, procure fazer o esporte que nunca teve coragem de fazer. Toque um instrumento. Dê muita risada…

Significado  –  Lembrança de que nossa vida está além da nossa existência, existe muito mais do que “só viver”. Estar em conexão com Deus, agradecer pelas coisas e pessoas por quem é grato, praticar atos de humanidade e solidariedade. Ter amigos e dizer que os ama. Ensine o que você aprendeu, melhor do que escrever um livro é poder editá-lo e deixar que muitas pessoas possam aprender com suas experiências.

Ficou mais fácil entender a Felicidade ??? Ao invés de defini-la como algo sozinho, os três pilares se completam e podemos entender com mais leveza aquilo que tanto buscamos. Como diziam os poetas, a Felicidade é um estado onde não temos vontade de mudar nada. Então, não se iluda !!! Se isso acontecer você vai cair no tédio.

Momentos de ansiedade, incertezas, medos, insatisfação vão acontecer pra você ter novamente vontade de buscar a Felicidade, como dizia Freud : – “Todo prazer começa com um desprazer …” Assim a vida é um ciclo e a cada momento a energia se renova e podemos entender a motivação que nos leva a buscar. Vale a pena, viver, é o melhor presente que Deus nos deu, cabe a nós, nossas escolhas. Direcionar a nossa mente para o mais simples e o mais complexo, ou seja, estar em perfeita conexão com o corpo, a alma e o espíritio.

(Autora: Arlene Maria Tripoloni Ribeiro)

*texto enviado pela autora para a fanpage Fãs da Psicanálise

 

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA