Quando uma mulher tem um bom vínculo afetivo/sexual com o namorado ou marido e sonha que está vinculada a outro homem, pode significar que deseja isso? Freud ao escrever sobre os sonhos disse que eles representavam os nossos desejos mais profundos e por isso produziu base teórica consistente e um método muito eficiente de acessar o inconsciente através deles.

Para falar sobre essas possibilidades e esclarecer algumas dúvidas sobre os sonhos de traição, vamos falar agora com a sexóloga Sônia Eustáquia Fonseca.

1 – Fale um pouco sobre o que é um sonho? Para a psicanálise e para outras linhas teóricas, antes de entrarmos nos sonhos mais específicos de traição.

Foi Sigmund Freud que revolucionou os estudos do inconsciente ao escrever seu livro, A interpretação dos sonhos, em 1900. Ele é o fundador da psicanálise e através desse livro, apresentou o método de relato e interpretação dos sonhos como meio mais eficiente de acesso ao inconsciente. Além disso, ele explica por que ocorrem os sonhos, como eles funcionam e a relação deles com este nosso lado oculto – o inconsciente. Freud deixa claro que não é o conteúdo do sonho lembrado em si, que daria as respostas para a investigação e sim o relato, a emersão dos pensamentos oníricos latentes, ou seja, aquilo que corresponde aos traumas e desejos mais profundos do ser-humano. Ele enxergava que todos os conteúdos dos sonhos eram causados por experiências anteriores como os recalques e traumas.


Os sonhos são terapêuticos e curativos, mesmo os pesadelos que nos levam a angustias e ansiedades. Eu sempre falo que ele é democrático e trabalha sempre a nosso favor – é a nossa terapia gratuita. Em sua linguagem peculiar, um sonho sempre revela questões da nossa personalidade que precisam ser trabalhadas e entendidas.

2– Todas as pessoas sonham? Ou existe alguém que não sonha nunca? É comum lembrar-se dos sonhos?

Sim. Todas as pessoas sonham. Algumas não se lembram do conteúdo sonhado e por isso acreditam que não sonham. Não é muito comum lembrar-se dos sonhos por se tratar de um material inconsciente e que é vivenciado durante a noite, durante o sono, de maneira metafórica, solta e descomprometida com a realidade. Quando a mesma pessoa acorda, já em estado de completa consciência, esse material pode desaparecer facilmente.

Eu sempre aconselho os pacientes a deixarem um caderno perto da cama para anotar o sonho, ele será sempre lembrado caso tenha alguma anotação a respeito.

3 – O que significa sonhar com traição? Os sonhos de amor e os sonhos eróticos? Ou mesmo, simplesmente que está namorando ou casada com outra pessoa?

É sempre muito complexo interpretar os sonhos de alguém, afinal, os sonhos são produções muito pessoais, que partem do inconsciente para o consciente, e qualquer fórmula de interpretação que prometa desvendar o significado dos sonhos é errada. Ele é único, faz parte de um contexto atemporal da mente inconsciente da pessoa que sonha.

O sonho de traição pode ter muitas explicações como por exemplo, alguma ameaça sentida no relacionamento que esteja produzindo medo e ansiedade. Pode ser até um desejo, lá do fundo do inconsciente o qual não admitimos.

Os sonhos eróticos normalmente ficam a serviço do processo biológico e mental da pessoa que sonha. Muitas vezes ele não traz o cenário de uma traição e sim de uma busca de satisfação meramente sexual. É bastante comum as parceiras ou parceiros não terem rosto ou identificação alguma. A sensação orgástica acontece naturalmente, sem a menor culpa ou censura.

Os sonhos em que a pessoa está namorando ou casando com outra, pode representar simplesmente um desejo inconsciente, de mudança de ares ou de vida produzido pela insatisfação que tem vivido com o parceiro atual ou com a vida a dois de maneira geral. Entretanto tudo é muito subjetivo e corremos o risco de errar, caso queiramos que se encaixe em uma simples explicação.


4 – Qual a diferença entre sonhar que está sendo traído e sonhar que é você que trai?

O sonho em que a pessoa se vê traída, quase sempre é de ansiedade ou angústia. Muitas vezes os personagens são meramente simbólicos, pois na verdade a pessoa que sonha pode estar vivendo um medo grande em ser traído no trabalho, por exemplo. Também pode representar uma dependência emocional em relação a outra pessoa

Sonhar que trai também pode representar um desejo de fazê-lo ou mesmo algum desejo inconsciente de vingança. Pode ser muitas coisas, tudo vai depender do contexto em que se está vivendo o relacionamento.

Nos sonhos, a traição geralmente indica insegurança por parte do sonhador e pode ter diversos significados, como a suspeita ou o desejo de terminar a atual relação e começar um novo romance. Mas há infinitas interpretações que depende do contexto de vida de cada pessoa. Pode representar um sentimento de desapontamento e de tristeza. Pode ser que a pessoa investiu energia e tempo numa relação, com a intenção de construir algo bom, e tudo, no momento, parece que está sendo desperdiçado por ter acreditado na pessoa errada.

5 – Existem muitas razões para uma pessoa sonhar com traição? Quais seriam?

O sonho é uma formação do inconsciente por isso, é bom saber primeiro se essa pessoa que sonha com traição está se sentindo segura na vida com as pessoas que representam o amor, a confiança e a segurança.  No bojo do sonho sempre está inserido a memória diurna recente ou do passado.  Muitas vezes o sonho traz personagens atuais, mas querem revelar alguma vivencia do passado, boa ou ruim.  Por isso, existem mil razões para uma pessoa sonhar com traição, tudo vai depender de suas vivencias atuais e do passado.


6 – Como os sonhos de traição podem ajudar na psicoterapia? E para aliviar os conflitos de maneira geral?

Os sonhos de maneira geral ajudam paciente e terapeuta entender a linguagem do inconsciente e os de traição estão inseridos nesse material maravilhoso. Os sonhos podem ser um aliado valioso para a compreensão profunda da interligação corpo e mente, fornecendo um mapa para compreensão simbólica de sintomas psicossomáticos e de suas possíveis resoluções. É uma chave valiosa para nosso autoconhecimento e bem-estar, daí sua grande importância para a Psicoterapia, que está inteiramente preocupada com nosso bem-estar e nos aliviar os sintomas e até mesmo curar as doenças psicossomáticas.

7 –  Parece que a neuropsicologia explica os sonhos de maneira diferente.  A maneira dessa ciência conceituar, coincide com as explicações da psicanálise?

Segundo Freud, os sonhos constituem “uma realização (disfarçada) de um desejo (reprimido)”. Para muitos neurocientistas, eles são formados a partir de estímulos aleatórios originados na ponte ( no cérebro) e não possuem qualquer significado. Contudo, diversos estudos associam as emoções experimentadas durante a vigília e o conteúdo dos sonhos. A hipótese de que o sistema dopaminérgico mesolímbico-mesocortical, relacionado aos estados motivacionais, é essencial para a formação dos sonhos  e isso dá algum respaldo à teoria freudiana. Na minha opinião, as visões psicanalíticas e neuropsicológicas sobre os sonhos podem ser complementares e mutuamente enriquecedoras.

8 –  É comum uma pessoa sentir ciúmes dos sonhos do parceiro ou parceira? Como um casal pode dialogar numa situação de briga por causa de um sonho?

É comum sim. Eu acho meio sádico uma mulher ou homem contar para outro um sonho de traição, isso não ajuda em nada e só vai colocar o outro mais inseguro. Eu acho que o diálogo pode ser tranquilo e aberto. Por não serem terapeuta um do outro, qualquer intervenção analítica está fadada a fracassar, por isso, o meu conselho é não brigar e deixar a análise para quem está habilitado. O terapeuta vai contextualizar e terá mais probabilidade de acertar. Lembrando que toda a interpretação parte do paciente; o terapeuta é só um facilitador nessa tarefa.

9 – É possível fazer algum trabalho mental para escolher os sonhos ou eliminar algum que incomoda?

Algumas pessoas mais esotéricas dizem ter um “controle mental” que facilita a indução aos temas preferidos para os sonhos. Mas a verdade, é que não temos pesquisas científicas que garantem eliminar ou escolher sonhos. A eliminação dos sonhos ruins como os de terror e os de angustia, por exemplo podem ser trabalhados em analise e eliminados com sucesso no decorrer do processo.

10 – Algumas pessoas têm sonhos reincidentes, por que isso acontece? O que pode representar uma reincidência de sonhos de traição?

Quando um sonho insiste em voltar é porque a sua motivação no inconsciente ainda existe e persiste. Eles sempre são muito ricos de serem trabalhados. O sonho de traição que volta muito, pode representar a insistência do inconsciente em ficar livre de algum material reprimido ou trauma relativo a medos de perdas e inseguranças.


11 –  Em um sonho erótico onde não se sabe quem é o parceiro ou parceira, a satisfação sexual é a mesma de quando se relaciona na realidade factual? 

Nada se compara a uma relação sexual amorosa. O sonho de alguma maneira descarrega as tensões, inclusive as sexuais. É muito comum homens terem polução noturna durante um sonho erótico e isso acontece porque a concentração do esperma é grande e a urgência em ejacular muito severa. O corpo biológico tem uma conexão com a mente durante o sono e sonho.

Todo sonho tem um significado que se liga a uma realização de um desejo reprimido pela sua consciência. Normalmente esses desejos são primitivos e, por isso a repressão surge por serem desejos vetados pela moral vigente da cultura na qual a pessoa está inserida, ou pode estar relacionado a questões e aspirações pessoais.  Os sonhos então realizam esses desejos de alguma forma simbólica, para compensar essa repressão.

Compartilhar
Sônia Eustáquia
Colunista da Revista Atrevida cerca de 6 anos, tem formação e trabalho em Psicanálise e Terapia Ericsoniana. Pós-graduada em Metodologia do Ensino Superior, Psicologia e Psiquiatria da Infância e Adolescência, Neuropsicologia e Teologia. É colunista do site Fãs da Psicanálise.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA