Olá!
Amo ler e compartilhar história, afinal, as histórias fazem parte de toda a nossa vida. Por vezes trazem lembranças boas, às vezes não tão boas, mas, sempre nos ensinam algo.

Acompanho diariamente, tanto o sofrimento quanto a melhora e o crescimento das pessoas, e, é isso que mobiliza minha missão de vida. E hoje lembrei de uma história contada por Osho em seu livro “Antes que Você Morra” e, resolvi compartilhar com você.

Certa vez um cão estava quase morto de sede, parado junto à água corrente de um pequeno riacho. Toda vez que ele olhava para a água ficava assustado e recuava, ficava com medo ao olhar para a água e ver o reflexo de um cachorro. Repetiu por várias vezes esse movimento, até que a sede ficou insuportável e ele se atirou para dentro da água.
E o que aconteceu? O reflexo desapareceu e ele descobriu que o único obstáculo era ele mesmo.

Será que esse é o ponto onde nós estamos? Junto da água, quase mortos de sede, mas sem coragem de beber? Alguma coisa nos segura? O que é? É uma espécie de medo. Porque a margem é conhecida, é familiar e pular no rio é ir em direção ao desconhecido.

O medo sempre diz: “agarre-se àquilo que é familiar, ao que é conhecido”. E as nossas misérias, nossas tristezas, nossas depressões, nossas angústias, nossos complexos, são familiares, são habituais. Nós vivemos com eles por tanto tempo e nos agarramos a eles como se fosse um tesouro. O que nós temos conseguido com isso?

Já não vivemos o bastante com essas angústias, com esses medos? Será que já não nos mutilaram demais? O que nós estamos esperando? Esse é o caso de todos nós, em algum momento da vida, ou em vários. Ninguém nos está impedindo. Apenas o próprio reflexo entre nós e o nosso destino, entre nós como uma semente e nós como uma flor cheia de vida.

Não há ninguém nos impedindo, criando qualquer obstáculo. Portanto, não continuemos jogando a responsabilidade nos outros. Vamos ficar atentos! Vamos abrir os olhos! Vejamos o que está acontecendo com nossa vida e passemos a ser protagonistas de nossa própria vida.

Compartilhar

RECOMENDAMOS

Isabel Rios Piñeiro
Apaixonada por ajudar cada pessoa na sua metamorfose em um ser mais saudável, próspero e feliz! É colunista do site Fãs da Psicanálise.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here