C

PSIQUIATRA

HISTÓRIA: Quando surgiram, ainda no século 18, os psiquiatras trabalhavam apenas em hospícios. Só quando a psiquiatria pegou emprestados conceitos da psicologia é que casos mais moderados foram para consultórios.

CAS: Trata sintomas mais graves e de definição mais clara, como esquizofrenia, Alzheimer e depressões profundas.

COMO ATUA: Como nesses casos só a terapia é muito pouco, o tratamento é feito com remédios, sendo monitorada a reação que o paciente tem a eles.

FORMAÇÃO: Seis anos do curso de medicina, mais 3 de residência.

PSICÓLOGO

HISTÓRIA: O termo surgiu na Grécia antiga, mas seu significado moderno só veio no século 20.

CAS: Há desde os psicólogos sociais, que estudam as massas, até os de RH, que selecionam candidatos, mas o que atende no consultório é o psicoterapeuta, que diagnostica casos de fobia ou ciúme excessivo, por exemplo.

COMO ATUA: Muda suas técnicas de tratamento constantemente, sempre em busca de uma interação com o paciente – daí a sua fama de tagarela entre psiquiatras e psicanalistas.

FORMAÇÃO: Cinco anos do curso de psicologia.

PSICANALISTA

HISTÓRIA: Teve origem no século 19, com o médico austríaco Sigmund Freud.

ATUAÇÃO: Medos, raivas, inibições – as anormalidades normais.

Como atua: Mais do que uma cura, o que se busca é a transformação da pessoa, a partir da compreensão dos seus problemas. O paciente fala tudo que vem à cabeça; cabe ao psicanalista interpretar de forma incisiva o que ele quis dizer inconscientemente, ajudando-o no autoconhecimento.

FORMAÇÃO: Especialistas dizem que só quem foi analisado pode analisar seus pacientes, e chega-se a passar 8 anos em cursos de sociedades psicanalíticas.

(Fontes: Christian Dunker, professor do Instituto de Psicologia da USP e psicanalista; Suely Gevertz, psicanalista da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo)

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


8 COMENTÁRIOS

  1. Não gostei muito das definições, digo como paciente. Fiz anos de analise com psicologa Junguiana e amei!!!! Hoje faço analise com Psicanalista, gosto bastante, mas psicologo é melhor!
    No texto é citado assim : “…mas o que atende no consultório é o psicoterapeuta, que diagnostica casos de fobia ou ciúme excessivo, por exemplo”, será que é só isso mesmo? Ainda referente ao texto: “COMO ATUA: Muda suas técnicas de tratamento constantemente, sempre em busca de uma interação com o paciente – daí a sua fama de tagarela entre psiquiatras e psicanalistas”, não gostei muito da definição.
    Adoro esse site, mas não gostei muito desse artigo.

    • Simone, releia o texto e perceberá que: “…mas o que atende no consultório é o psicoterapeuta, que diagnostica casos de fobia ou ciúme excessivo, por exemplo” atenção ao final “por exemplo”; em: “daí a sua fama de tagarela entre psiquiatras e psicanalistas”, existe sim essa forma pejorativa talvez de chamar os psicólogos por parte de muitos psicanalistas e psiquiatras, você talvez não saiba pois não é profissional do ramo, mas em momento algum diz-se que o trabalho dos psicólogos através da suposta “tagarelice” não dê bons resultados.

    • Simone, identifiquei-me com o que vc falou. A forma como foi abordada pelo site a respeito dos psicólogos foi depresistiva mesma. Também gosto bastante deste espaço. Mas como futuro psicólogo não poderia deixar passar em branco essa depreciação. E quem disse que o psicológo é tagarela? Bem tendencioso a forma como foi conceituada.

  2. Ou seja, se eu quiser fazer psiquiatria terei de entrar em medicina para no final do curso eu seguir carreira na área de psiquiatria ?
    Ps: Estou fazendo cursinho

  3. Como saber se o psiquiatra que está clinicando nao está mentalmente mais perturbado que seu próprio pacientem? Se nao, seria como um cedo tentando guiar outro cedo! E depois qual o parametro de sanidade?
    Quem está apto estabelecer e discernir isso?

  4. Se o psiquiatra, o psicologo e o psicanalista, pertencerem a algum plano de saúde, então caia fora, pq. é perder seu tempo, ser medicada sem a devida necessidade, tempo de atendimento menos que 15 minutos….Depois de várias tentativas e desiludida, estou sendo acompanhada pelo trabalho de estudantes de psicologia de uma faculdade daqui da minha cidade e estou gostando muito…..

  5. Robsvaldo Teixeira Alves , psiquiatra é um médico como outro qualquer , é a mesma cousa que vc ir no cardiologista ver se seu coraçao estah bom , vc confia ou nao confia , no psiquiatra vc tbm confia ou nao , procure um atraves da sua formaçao , boa faculdade , especializaçoes , indicaçoes de amigos e o mais importante veja no google seu registro CRM .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here